Setor de duas rodas ganha verticalização

A Poliamazon – Polimentos da Amaz“nia, especializada na fabrica‡Æo de partes e pe‡as para o setor de duas rodas e de estruturas met licas, ‚ uma das empresas que est  com o PPB- Processo Produtivo B sico sendo analisado pela equipe t‚cnica do CAS- Conselho de Administra‡Æo da Suframa.

A reuniÆo est  prevista para acontecer no in¡cio da segunda quinzena deste mˆs e ser  203¦ realizada no PIM- P¢lo Industrial de Manaus. Apesar de seu projeto de implanta‡Æo estar sendo analisado, a Poliamazon j  est  produzindo h  mais de um ano no PIM, inclusive com estamparia, solda e pintura. Com 62 funcion rios diretos, a empresa est  produzindo pe‡as para motocicletas e para condicionadores de ar. Os principais clientes da empresa sÆo a Yamaha, Metalfino, Brastemp, Denso, Dautec, Itautec e Philco.

O diretor da empresa, Nelson Azevedo, informa que neste primeiro momento o foco de seu atendimento sÆo as ind£strias do PIM que atuam no p¢lo de duas rodas, al‚m de serralherias para quem fornece estrutura met lica, como coberturas, pilares, entre outros. “Futuramente queremos conquistar novos fornecedores como a Moto Honda da Amaz“nia, considerada uma das maiores empresas do segmento de duas rodas no mercado local”, disse.

Nelson Azevedo informa que o investimento com a Poliamazon est  na faixa de R$ 750 mil, incluindo pr‚dio, maquin rio e equipamentos. Outros projetos de implanta‡Æo estÆo sendo analisados pela equipe t‚cnica do CAS como o da HPA da Amaz“nia, para fabrica‡Æo de componentes para motocicletas e da SDA Silicones da Amaz“nia, que est  interessada em produzir componentes para empresas do setor eletroeletr“nico. Juntos esses projetos, se aprovados pelos conselheiros, representarÆo US$ 4 milhäes em novos investimentos e a gera‡Æo de 540 novos postos de trabalho.

Entre as empresas com projetos de amplia‡Æo, diversifica‡Æo e atualiza‡Æo encontram-se a Agir Produtos Fotogr ficos, Samsung Eletr“nica, Orbisat da Amaz“nia, Metalfino da Amaz“nia, Denso da Amaz“nia, Jabil da Amaz“nia e Tec do Brasil.