Sexta-feira 13 é dia de sorte para a Equipe Petrobras Lubrax

Carro vence etapa, moto sobe posição na geral e caminhão mantém liderança

Se para alguns a sexta-feira 13 representa azar, para a Petrobras Lubrax a data reservou só boas notícias. A sorte, aliada à competência dos integrantes da equipe, fez com que a terceira etapa do Rally dos Sertões fosse sinônimo de ótimos resultados.

Surpreendente – Depois de terem sofrido ontem com a quebra da turbina do Mitsubishi L200 Evo, a dupla Jean Azevedo/Emerson Bina Cavassin largou na manhã de hoje na 56ª posição. Mas nem a poeira dos outros competidores foi obstáculo para a dupla, que ganhou a etapa de forma brilhante: 220 quilômetros em 2h35min49s.

“Sempre faremos o nosso melhor, não importa o que aconteça. Este é o lema até o final do rali. Ficamos contentes, mas sabemos que ainda tem muito rali pela frente. Hoje foi uma etapa bem sinuosa, com muita poeira e acho que ultrapassamos uns 20 carros na trilha”, contou Jean.

O navegador Bina também se mostrou motivado. “Comemos bastante poeira, mas valeu a pena. Foi ‘punk’, pois tive que avisar os competidores quando os alcançava, além de navegar”, ressaltou Bina.

Subindo – Denisio do Nascimento, mais uma vez, mostrou competência. O piloto de moto da Petrobras Lubrax conquistou a terceira colocação do dia, e subiu para a vice-liderança no acumulado.

Constante – O Mercedes-Benz Atego do trio André Azevedo/Maykel Justo/Ronaldo Pinto teve problemas na etapa de hoje, mas demonstrou superação. “Foi uma etapa rápida, muita dura e cheia de saltos. Os suportes dos amortecedores traseiros quebraram, mas nada que nos impedisse de continuar na prova”, contou o piloto André.

Embora tenha enfrentado problemas, o trio fez o segundo melhor tempo do dia entre os caminhões pesados e se mantém na liderança do acumulado.

Confira como será a etapa deste sábado (14) – Alto Paraíso de Goiás (GO)/ Dianópolis (TO)
Deslocamento Inicial: 2 km
Especial: 240 km
Deslocamento Final: 272 km
Total do dia: 514 km

Resultados desta sexta-feira (13):

Motos
1º Felipe Zanol – 2h44min22s;
2º Marc Coma – 2h44min59s;
3º Denisio do Nascimento – 2h46min55s.

Carros
1º Jean Azevedo/Emerson Cavassin – 2h35min49s;
2º Guilherme Spinelli/Youssef Haddad – 2h37min49s;
3º Marlon Koerich/Deco Muniz – 2h39min05s;

Caminhões pesados
1º Guido Salvini/Weidner Moreira/Fernando Ventania – 2h58min15s;
2º André Azevedo/Maykel Justo/Ronaldo Pinto – 3h02min49s;
3º Edu Piano/Solon Mendes/Marcus Alves – 3h57min47s.

Resultados acumulados do Rally dos Sertões
Motos
1º Marc Coma – 6h59min11s;
2º Denisio do Nascimento – 7h04min55s;
3º Felipe Zanol – 7h06min.

Carros
1º Paulo Nobre/Luiz Palu – 6h52min38s;
2º Marlon Koerich/Deco Muniz – 6h54min23s;
3º Guilherme Spinelli/Youssef Haddad – 6h58min46s;
28º Jean Azevedo/Emerson Cavassin – 8h13min09s;

Caminhões
1º André Azevedo/Maykel Justo/Ronaldo Pinto – 7h39min34s;
2º Guido Salvini/Weidner Moreira/Fernando Ventania – 8h13min11s;
3º Ulysses Marinzeck/Cesar Botas/Adriano da Silva – 11h10min07s.