cg-160-cargo-2018-2

Sinônimo de robustez, CG 160 Cargo 2018 parte de R$ 8,9 mil

Quando a Honda projetou a CG, lá nos anos 1970, dava início a busca por uma moto que fosse confiável, ágil e resistente, pronta para qualquer desafio urbano – um verdadeiro general da cidade (ou City General, como sugere a sigla). Cerca de 15 anos depois, em 1990, apresentou a variação Cargo, destinada exclusivamente ao uso profissional e que colocou a robustez do modelo à prova de vez por todas. Renovado, o modelo chega a sua versão atual como CG 160 Cargo 2018, e traz algumas exclusividades.

Honda CG 160 Cargo traz, como principal novidade, a adoção dos freios CBS

Honda CG 160 Cargo traz, como principal novidade, a adoção dos freios CBS

A principal novidade do modelo 2018 é a adoção do sistema de freios CBS, ou Combi Brake, como a Honda gosta de chamar. Já falamos bastante sobre ele aqui, seja quando foi apresentado pela primeira vez (em 2015, na CG 150 Titan) ou quando passou a equipar a nova Bros 160, mas, para recapitular:  o freio a disco de acionamento hidráulico na dianteira atua em conjunto com o sistema mecânico a tambor da roda traseira para otimizar a frenagem. Então, ao acionar o curso total do pedal de freio traseiro (algo comum – e errado – em situações de emergência) a frenagem é total na traseira e ao mesmo tempo de até 30% na dianteira. O manete de freio, por sua vez, permanece acionando somente o disco dianteiro.

Bagageiro característico

Bagageiro característico

Marca registrada da Cargo, o bagageiro é projetado para levar até 20 kg

Freios CBS

Freios CBS

Assim como as outras irmãs 160 (Titan, Fan e Start), modelo também usa o Combi Brake

Motor 160 cm³

Motor 160 cm³

Conhecido propulsor gera 14,9 cv na gasolina e 15,1 cv se abastecido com etanol

Para trabalhar com estilo

Para trabalhar com estilo

A Cargo 2018 é para quem quer trabalhar com bom gosto. Rodas de liga, aletas do tanque e painel digital embelezam o modelo

O preço sugerido da CG 160 Cargo 2018 é R$ 8.990,00, tendo como como base o estado de São Paulo e sem contar despesas de frete e seguro. Pelo valor, leva-se para casa o característico e robusto bagageiro com capacidade para até 20 kg e as suspensões ajustadas para uso profissional, além do generoso tanque de 16,1 litros – que garante uma ampla autonomia, essencial para quem precisa usar o moto o dia inteiro no trabalho e vê cada parada no posto como tempo e dinheiro perdidos. O modelo também conta com um funcional cavalete central, que permite o estacionamento com maior estabilidade em condições de carga plena e em pisos irregulares.

CG 160 Cargo: Confiabilidade também no motorcg-160-cargo-2018-7

O motor é o mesmo que equipa as irmãs Fan e Titan 160. O já conhecido monocilindro bicombustível (etanol/gasolina) FlexOne de quatro tempos, alimentado pelo sistema de injeção eletrônica PGM-FI, dotado de comando de válvula no cabeçote (OHC – Over Head Camshaft) e balancins roletados. Com 162,7 cm3 é capaz de gerar 15,1 cv (etanol) e 14,9 cv gasolina) a 8.000 rpm. O torque máximo é de 1,54 kgf.m (etanol) e 1,40 kgf.m (gasolina) a 6.000 rpm. Equipada com painel digital com hodômetro parcial, a Honda CG 160 Cargo será comercializada exclusivamente na cor branca.

separador_honda



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.