Foto: Dr. Carlão no Ritmo, seja onde for - Bitenca

Sobre o Ritmo – Longa relação para as XRE – Regulando farol

Foto: Dr. Carlão no Ritmo, seja onde for - Bitenca

Foto: Dr. Carlão no Ritmo, seja onde for - Bitenca

O RITMO : a mais pura verdade, aula, explicaçao, conscientizaçao, amdurecimento, dominio, e prazer em pilotar,que um verdadeiro mOTOCICLISTA pode ter/ aprender;um texto, que e um verdadeiro seguro de vida. Pena que os motoqueiros, nao tem alcance cerebral para seguirem estas liçoes de segurança vida. Abraços, Paulo Gandes. 58, Teófilo Otoni, MG.

R: Infelizmente é verdade Paulo, mas a vida se encarrega de oferecer as lições, até mais duras se necessário. Eu particularmente prefiro o puro prazer de pilotar, no Ritmo. Seja no asfalto ou qualquer outro lugar. Abraços


Olá pessoal da parte técnica (Bitenca), considerando que a relação secundária da XRE foi projetada p/ cidade/campo/asfalto peço sugestão viável para alonga-la, afim de trabalhar c/ rotações menores em viagens só em estradas asfaltadas. Pinhão e coroa com quantos dentes? Existe este tópico no xreonline mas ãinda não é conclusivo. Obrigado e parabéns pelo trabalho desta equipe! Ubirajara, 43, Raul Soares, MG

R: Ubirajara, não há ainda no mercado nenhum kit pronto para você alterar a relação da sua moto. Fazendo algumas contas, chegamos a conclusão de que em até 3 dentes na coroa você pode diminuir. Não mexa no pinhão porque para aumento da relação você deve aumentá-lo e corre o risco de bater na carcaça, se retirar uma peça que há para protegê-la. Ela passaria muito perto.
A relação original tem 39 dentes na coroa por 13 no pinhão que dá uma relação de 3 para 1, ou seja três voltas no pinhão representam uma volta na
roda. Com o aumento da relação para 36 para 13, vamos ter 2,769 para 1 que é aproximadamente 8% mais longa.
A melhor alternativa então é procurar uma coroa de outra moto que use a mesma corrente, com passo 520. O melhor exemplo é a da Sundown STX 200 que tem esses 36 dentes contra os 39 da original. Você deve escolher uma que tenha de dois a três dentes a menos para que dê uma diferença perceptível mas que não perca muita força nas subidas e ultrapassagens.
Leve a um torneiro as duas peças: uma igual a original e a outra menor e peça para ele usar o centro da original e soldar um anel com os dentes da outra menor nele. Ao tornear as peças é conveniente deixar um degrau e um chanfro na parte interna para encaixar uma peça na outra e ter por onde colocar o filete de solda, facilita bastante. Essa soldagem tem que ser cuidadosa, adicionando pontos bem espaçados, perto de 180 graus de distância um do outro para evitar que ovalize a peça. Preste atenção para não encostar
a solda no cubo ao parafusá-la, se isso acontecer vai ter que tornear a solda também. No fim você vai ter uma coroa com a furação original da XRE e
o número de dentes reduzido em até 3 dentes.
Na corrente, eventualmente você vai ter que retirar um elo, se a regulagem ficar muito puxada para trás. Nesse caso evite usar emenda com clip, use no lugar uma emenda rebitável para maior segurança. Depois de pintada a coroa fica com aspecto de nova e terá a mesma qualidade e durabilidade se a solda for bem feita, não aquecer demais. Boa sorte.


Tenho uma ER-6n, moto tem uma ciclistica maravilhosa, porém estou com um problema: O farol baixo está com uma regulágem que ilumina diretamente a frente como se estivesse na alta, e o farol alto só faz espalhar a luminosidade como se fosse um farol de neblina. na kawa em Recife os mecânicos disseram que a regulágem é aquela mesmo. Só que no trânsito a situação é diferente, eu levo nome de “filho disso, filho daquilo” e acho que estou encomodando mesmo, o farol vai direto no retrovisor central do motorista cegando o infeliz. Gostaria de saber a que distância da parede eu posiciono a moto e a que altura eu regulo alta e baixa. Um abraço a todos… André, 37, Recife, PE

Foto: Coroa - Bitenca

Foto: Coroa - Bitenca

R: André, essa regulagem é bastante simples. Posicione sua moto a uns 3 m de distância de uma parede branca (pode ser o fundo da sua garagem ou um muro). mas que esteja no mesmo nível das rodas de sua moto. A linha inferior dos vidros traseiros dos automóveis estão normalmente a 80 cm do chão, então é nessa altura que você vai querer que fique o facho da luz baixa.
Faça uma marca no muro nessa altura e ajuste o facho para que a linha de corte da luz baixa fique nesse ponto. Normalmente isso basta mas se o centro do facho estiver deslocado em relação ao eixo da moto você vai ter que alterar o ajuste lateral até que o centro da luz fique na mesma linha das rodas da moto. Esse ajuste horizontal, quase sempre altera o outro também então é melhor fazê-lo antes do vertical. Abraços