Stedile mantém liderança do Brasileiro de Supermoto

Piloto da Pro Tork Racing Team venceu a 3¦ e foi o segundo lugar na 4¦ etapa do campeonato; ambas foram disputadas neste domingo no interior paulista

Bauru (SP) – O piloto paranaense Paulo Stedile, da Pro Tork Racing Team, obteve dois bons resultados na terceira e quarta etapas do Campeonato Brasileiro de Supermoto, que mistura v rias modalidades do motociclismo, como Motocross e Motovelocidade. Ele venceu uma e foi segundo na outra disputa, ambas realizadas no kart¢dromo Toca da Coruja em Bauru, no interior paulista. Paulinho, como ‚ conhecido, divide a lideran‡a da categoria SM2 com o piloto R“mulo Bottrel, nascido na cidade que sediou as provas.

BicampeÆo brasileiro de motocross, Stedile esteve fora das pistas desde 2004 ap¢s sofrer um grave acidente e ter s‚rios problemas na coluna. O seu retorno …s competi‡äes de ƒmbito nacional foi justamente nas etapas iniciais do Supermoto, realizadas no final de maio em Santa Luzia (MG).

Stedile e Bottrel fizeram um “pega” particular. A primeira prova do dia foi vencida por Stedile, que largou na frente e liderou de ponta a ponta. Por‚m, na bateria final, R“mulo reagiu na £ltima volta e conquistou o primeiro lugar a trˆs curvas da bandeirada. “Na prova final, senti o desgaste f¡sico e diminu¡ o ritmo”, disse Paulo Stedile.

J  R“mulo, que vinha acelerando forte a cada volta, aproveitou a situa‡Æo para assumir a ponta e conquistar a primeira vit¢ria na temporada. “Estou feliz por ter vencido, j  que o Stedile ‚ um piloto r pido e muito dif¡cil de ser ultrapassado”, relatou.

Al‚m de piloto de Supermoto, Paulinho Stedile ‚ coordenador t‚cnico da Pro Tork Racing Team, equipe de motocross que conta com 11 pilotos nas principais categorias e competi‡äes da modalidade. Fazem parte do grupo Massoud Nassar e Adrian Cantero, na MX1, Rafael Zenni, Jean Ramos e Kurtt Rocha, na MX2, Nico Rocha, na MX3, J‚ssica Michely e Gabriel Zenni, na 85cc, e Endrews Armstrong, Eduardo Rudnick e Stefany SerrÆo, na 65cc. A Pro Tork ainda patrocina Christopher Castro, o “Pipo”, e Valmir Polaco.