Stoner arrebata vitória e liderança do Campeonato em emocionante corrida turca

Stoner arrebata vitória e liderança do Campeonato em emocionante corrida turca

Stoner arrebata vitória e liderança do Campeonato em emocionante corrida turca

Casey Stoner assegurou a segunda vit¢ria da temporada no Grande Pr‚mio da Turquia. O australiano lidera agora o Campeonato com 61 pontos, mais dez que Rossi, depois de triunfar com mais de seis segundos de vantagem sobre Toni Elias e o companheiro de equipa Loris Capirossi.

O piloto da Ducati viu a lideran‡a quase cair-lhe nas mÆos no in¡cio da corrida, quando a pressÆo imposta por ele e pelo companheiro de equipa Capirossi for‡aram Rossi num erro,abrindo a traject¢ria pela relva no final da primeira volta.
Segundos mais tarde, deu-se o incidente de que mais se falou, com Dani Pedrosa a colidir com a Kawasaki de Olivier Jacque, acabando por levar tamb‚m ao chÆo e ao abandono Colin Edwards, da Fiat Yamaha. Chris Vermeulen e Sylvain Guintoli foram outros dois pilotos a serem afectados, com o primeiro a regressar … pista depois de pegar na sua montada e o £ltimo a ter de circundar os pilotos que estavam no chÆo.
Toni Elias, em segundo, foi incapaz de importunar o voador Stoner, mas teve muita pressÆo sobre si.

O espanhol come‡ou de forma fant stica, largando de 10ø e lutando arduamente com Rossi, chegando mesmo os dois a tocarem-se. A ultrapassagem levou Elias ao segundo posto, onde ficou at‚ final, e Rossi desceu para o grupo de perseguidores, acabando por cair ainda mais e terminar num desapontante 10ø lugar.

Foto: Alex Barros/MotoGP.com

Foto: Alex Barros/MotoGP.com

Capirossi completou o p¢dio, depois de dura luta nos momentos finais com Alex Barros, j  recuperado da gripe. Os dois veteranos trocaram de posi‡äes em duas curvas seguidas e caso a recta meta tivesse mais uns metros o brasileiro podia ter dado … Pramac d`Antin o primeiro p¢dio.

Marco Melandri amea‡ou a repeti‡Æo de 2006, mas acabou por nÆo o conseguir com os quatro primeiros a ganharem-lhe distƒncia. O CampeÆo do Mundo Nicky Hayden foi batido na linha de meta por John Hopkins depois de ter rodado firme em sexto … frente de Randy de Puniet, Alex Hofmann e Rossi.

As declara‡äes do trˆs pilotos que subiram ao p¢dio de MotoGP no Grande Pr‚mio da Turquia:

Casey Stoner, Ducati Marlboro, (vencedor) 42m02,850s – Foi um pouco estranho porque estava realmente concentrado em fazer as primeiras voltas e nÆo me acontecer o que aconteceu em Jerez na £ltima corrida. Felizmente consegui passar o Colin bem cedo e depois o Valentino alargou a trajet¢ria … chegada … recta oposta, o que me deu a lideran‡a de bandeja. Desde entÆo tratei de rodar ao m ximo durante algumas voltas, construindo uma vantagem. Com a Ducati e os Bridgestone a funcionarem tÆo bem no podia cometer qualquer erro hoje

Toni Elias, Honda Gresini, (2ø) 42m09,057s – Estou realmente contente com este segundo lugar porque este fim-de-semana foi mesmo muito bom. Ontem cometi um grande erro e larguei de d‚cimo, mas consegui fazer uma grande largada e depois tentei passar o Hopkins por v rias vezes. Quando o consegui ele voltou a passar por mim e perdi algum tempo, mas depois tentei ir com o Valentino, eu estava mais r pido e optei por pass -lo. Assumi a segunda posi‡Æo e tentei apanhar o Casey, mas ele hoje estava mesmo muito forte. Foi entÆo que decidi manter a segunda posi‡Æo, o que foi bom para o Campeonato. E um resultado realmente muito bom para mim.

Loris Capirossi, Ducati Marlboro, (3ø) 42m10,952s – Foi um fim-de-semana perfeito. Sinto-me como o pai destes dois porque estou realmente velho. Comecei muito bem hoje e tentei apanhar o Casey, mas ele estava muito r pido e no queria arriscar muito. Depois estavam todos a aproximar-se e ca¡ para sexto a lutar com todos. Na £ltima volta, em particular na curva r pida, perdi a frente e o Alex passou-me e voltei a tentar chegar a terceiro. Travei tarde na £ltima curva e consegui o mais baixo do p¢dio. E um fim-de-semana perfeito para a Ducati, connosco em primeiro e terceiro, por isso vamos ver o que se passar durante o resto da ‚poca

Alex Barros levou a cabo brilhante corrida para terminar com a Ducati da Pramac d”Antin na quarta posi‡Æo, o melhor resultado de sempre da sat‚lite da marca italiana desde que chegaram ao MotoGP. O brasileiro falou com o Motogp.com depois do Grande Pr‚mio da Turquia para explicar o quÆo perto esteve do p¢dio e sobre a forma como ultrapassou a gripe para conquistar este magn¡fico resultado.

Penso que foi um grande resultado para n¢s, Quero agradecer … equipe e … Bridgestone porque nos fizeram ser mesmo muito competitivos hoje. Penso que talvez devessem ter colocado a bandeira de xadrez no final da recta da meta, se assim fosse talvez tivesse passado o Capirossi!, comentou Barros. Fiquei com febre no Brasil, por isso estes £ltimos dias nÆo me senti muito bem. Mas agora estou um pouco melhor, concluiu.