Casey Stoner, Repsol Honda Team, Silverstone RAC

Stoner domina fim-de-semana de Silverstone

Casey Stoner, Repsol Honda Team, Silverstone RAC

Casey Stoner, Repsol Honda Team, Silverstone RAC

A Repsol Honda garantiu a dobradinha em Silverstone, com Casey Stoner a somar a 27ª vitória da categoria rainha no AirAisia British Grand Prix deste domingo, enquanto o companheiro de equipa Andrea Dovizioso assegurou o segundo posto. O lesionado Colin Edwards (Monster Yamaha Tech 3) garantiu brilhante terceiro posto apesar de fractura na clavícula.

Jorge Lorenzo (Yamaha Factory Racing) liderou aquando da partida para a corrida molhada de Silverstone, com as Honda de Dovizioso e Stoner logo atrás, enquanto Marco Simoncelli, da San Carlo Honda Gresini Team, seguia, não muito longe, em quarto. Mas Lorenzo cometeu um erro na primeira volta, o que permitiu às duas Repsol Honda passarem para a frente e abrirem caminho a Simoncelli para desafiar o líder do Campeonato, que algumas curvas depois se viu mesmo batido pelo italiano.

Stoner lutou pela liderança com Dovizioso na segunda volta. O italiano consegui manter a posição durante várias curvas, mas Stoner acabou mesmo por passar o companheiro de equipa. Enquanto isso, Simoncelli, que largou da segunda posição da grelha, iniciou a perseguição às duas Repsol Honda. Contudo, na quarta volta alargou a trajectória e viu Lorenzo passar por ele.

Com a chuva a cair de forma constante e as condições climatéricas a piorarem, Lorenzo foi cuspido da moto quando rodava em terceiro, na 8ª volta. Um contratempo que se tornou na primeira desistência do espanhol desde 2009.

Simoncelli regressava assim ao terceiro posto, mas não contente com o que tinha tudo para ser o primeiro pódio na categoria rainha, o jovem de 25 anos deu tudo para passar Dovizioso, para chegar a segundo, mas perder a frente na travagem para a Curva 10, acabando por desistir.

Stoner, tranquilo na frente, dilatava a liderança para 15 segundos, dobrando Héctor Barberá (Mapfre Aspar) e Randy de Puniet (Pramac Racing) a três voltas e meia do final. Barberá terminou em 11º e De Puniet em 12º.

Surpreendente foi a prestação de Colin Edwards. O piloto da Monster Yamaha Tech 3, que fracturou a clavícula na semana passada nos treinos da Catalunha, partiu de oitavo da grelha para fazer uma corrida muito consistente. O ‘Texas Tornado’ beneficiou bastante dos contratempos de Lorenzo e Simoncelli para terminar em terceiro, conquistando assim o seu primeiro pódio da época e terminando como melhor piloto Yamaha.

Já Nicky Hayden (Ducati Team), que assinou a melhor volta da corrida, viu-se batido ainda cedo pelo compatriota Edwards e acabou por terminar na quarta posição, seguido de Álvaro Bautista (Rizla Suzuki) e do companheiro de equipa Valentino Rossi (Ducati Team), enquanto o estreante checo Karel Abraham (Cardion AB Motoracing) foi sétimo.

Toni Elias fez boa partida, o que permitiu disparar de 14º da grelha para oitavo na primeira volta, posição em que terminou a corrida, com Hiroshi Aoyama (San Carlo Honda Gresini) e Loris Capirossi (Pramac Racing) a completarem a lista dos dez primeiros.

Ben Spies (Yamaha Factory Racing) também sofreu queda e desistiu na 14ª volta.