O piloto da Repsol Honda vai partir para o Grande Prémio Aperol de São Marino e da Riviera de Rimini da primeira posição da grelha no domingo depois de ter batido o seu próprio recorde do traçado assinado em 2008.

Stoner mantém-se na frente na qualificação de Misano

O piloto da Repsol Honda vai partir para o Grande Prémio Aperol de São Marino e da Riviera de Rimini da primeira posição da grelha no domingo depois de ter batido o seu próprio recorde do traçado assinado em 2008.

O piloto da Repsol Honda vai partir para o Grande Prémio Aperol de São Marino e da Riviera de Rimini da primeira posição da grelha no domingo depois de ter batido o seu próprio recorde do traçado assinado em 2008.

Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, fez um ataque tardio ao primeiro posto da grelha depois de ter liderado a maior parte da sessão, mas acabou por ter de se contentar com o segundo posto a 0,120s do líder do Campeonato, Stoner. O homem da pole do ano passado e vencedor da corrida, Dani Pedrosa, registou uma marca de 1m33,318s para garantir o terceiro e último posto da primeira linha.

Ben Spies (Yamaha Factory Racing), que no ano passado partiu de quinto e terminou a corrida em sexto, vai largar para a corrida com a sua Yamaha YZR-M1 da quarta posição com um crono de 1m33,947s. O americano vai contar com a companhia de Marco Simoncelli (San Carlo Honda Gresini Team), com um tempo de 1m33,990s, e de Andrea Dovizioso, da Repsol Honda, na segunda linha da grelha.

Colin Edwards (Monster Yamaha Tech 3) lidera a terceira linha, com Álvaro Bautista, que conseguiu a melhor qualificação do ano com o oitavo posto, e Héctor Barberá (Mapfre Aspar) em nono depois de no ano passado ter terminado a corrida de Misano em nono.

Hiroshi Aoyama (San Carlo Honda Gresini) completou a lista dos dez primeiros, enquanto Valentino Rossi (Ducati Team) larga da 11ª posição, a 1,538s de Stoner.

Cal Crutchlow (Monster Yamaha Tech 3) sofreu queda numa altura em que rodava com forte ritmo, terminando a qualificação em 13º, mesmo à frente de Karel Abraham (Cardion AB Motoracing), enquanto Randy de Puniet (Pramac Racing) foi ao chão no início da sessão pouco depois de ter assinado o que era então o sexto tempo. O gaulês acabou por terminar com o 14ª registo, à frente de Nicky Hayden (Ducati Team), 15º.