Stoner voa para a pole da primeira corrida do ano Qatar 2011

Stoner voa para a pole da primeira corrida do ano

Stoner voa para a pole da primeira corrida do ano Qatar 2011

Stoner voa para a pole da primeira corrida do ano Qatar 2011

Após ter dominado todas as sessões de treinos Casey Stoner (Repsol Honda) garantiu a primeira pole da época de 2011 no Circuito Internacional de Losail, a 27ª da sua carreira.

Das sete corridas já disputadas no Qatar apenas uma foi ganha desde a pole position e o feito foi da responsabilidade do australiano, em 2009 com a Ducati. Agora Casey Stoner espera repetir a dose amanhã depois de ter garantido aquela que é apenas a segunda pole da Honda no MotoGP no Circuito Internacional de Losail; a primeira remonta a 2006, também ela da autoria de Stoner.

A classe de MotoGP rodou esta noite com temperaturas mais elevas e menos vento em comparação com o resto do fim-de-semana. Dani Pedrosa (Repsol Honda) foi o único a ser capaz de lutar com Stoner ao longo da sessão, mas terminou a 0,205s de distância após o australiano ter garantido um tempo canhão de 1m54,137s. Pedrosa fará agora a estreia na primeira linha da grelha em Doha.

O último posto da primeira linha ficou a cargo de Jorge Lorenzo (Yamaha Factory Racing), que deve estar contente com o feito conseguido após os resultados dos treinos livres e do teste de pré-época. O Campeão do Mundo terminou a 0,810s de Stoner, mas foi segundo no Qatar em 2010 depois de ter escalado ao longo do pelotão e espera agora ter o mesmo tipo de sucesso na corrida. Os tês primeiros foram os únicos a rodar no segundo 54. Outro motivo de satisfação para o espanhol foi o facto de ter levado a melhor sobre o companheiro de equipa, Ben Spies (Yamaha Factory Racing), que terminou a qualificação em quinto.

À frente do americano ficou Marco Simoncelli (San Carlo Honda Gresini Team), a surpresa da sessão ao garantir uma grande volta e ao terminar a apenas quatro centésimos de segundo de Lorenzo. O melhor piloto da Ducati voltou a ser Héctor Barberá (Mapfre Aspar Team), que assinou a sexta posição da grelha a 1,086s de Stoner.

A Monster Yamaha Tech 3 voltou a apresentar boa prestação com o único britânico do pelotão, Cal Crutchlow, a garantir um impressionante oitavo posto da grelha naquela que é a sua primeira corrida de MotoGP, e isto apesar de lesão no mindinho esquerdo. O seu companheiro de equipa Colin Edwards foi décimo.

Já para Andrea Dovizioso (Repsol Honda) a sessão foi uma desilusão quando comparada com as sessões de livres. O italiano não conseguiu ir além além de sétimo, a 1,092s da melhor Repsol Honda, mas a verdade é que o piloto costuma ser mais forte em corrida que nas qualificações.

Valentino Rossi (Ducati Team), ainda a lutar com a lesão no ombro no fim-de-semana de estreia com a Ducati Team, foi o nono melhor, enquanto o companheiro de equipa Nicky Hayden foi 13º.

A grelha contará apenas com 16 pilotos dada a ausência de Álvaro Bautista (Rizla Suzuki) devido à lesão contraída ao final de FP3 na noite de ontem.