Sun Trike – Comercio Internacional – Lead mais veloz – Viajante – Patroa manda

Sun Trike (1)
Sugiro um teste com o triciclo Sun Trike! Pedro (42), Niterói, RJ

Pedro, Estamos programando um teste deste produto. Aguarde novidades para breve. Obrigado.


Sun Trike (2)
Sempre tive moto,mas sofrí um serio acidente de carro que me deixou com sequela,não consigo andar de moto mais,mas esse triciclo vai ser a minha liberdade, era o que faltava, na loja da SUZUKI na minha cidade vai ter suporte, me de um retorno,pretendo adquiri-la. juvenal bastos barrozo (56) Colatina, ES

Juvenal, Ficamos felizes que nossa reportagem tenha lhe ajudado. Estamos programando um teste do produto para breve. Abraço.
– – – – – – – – – – – – – – – – – – –
Comércio Internacional
Olá, Sou estudante de comércio internacional e estou fazendo meu trabalho de conclusão de curso que é referente a motos CRF 230.
Gostaria de saber se vocês possuem alguma informação da venda dessas motos nos Estados Unidos? Desde já agradeço a atenção. Michele Girardi (29), Caxias do Sul, RS.

Michele, Nós não temos informações sobre venda da Honda CRF 230 nos Estados Unidos. Cremos que o mais prudente é procurar na Honda dos Estados Unidos (http://powersports.honda.com/2009/crf230f.aspx). Existe uma associação de motociclistas norte-americana que talvez possa fornecer estes números para você (http://www.ama-cycle.org/).
Boa Sorte!


Lead mais veloz
Olá,indicam alguma coisa que aumentaria a velocidade final da Lead? Como faço para reprogramar o CDI. Júlio (35) Cajamar, SP.

Julio, Motonline não recomenda que seja feita qualquer alteração na originalidade de qualquer produto. Lembramos que alcançar velocidades maiores com um produto que não foi projetado para esta finalidade pode colocar em risco a segurança do usuário e a durabilidade do produto.
Abraço.
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
Viajante
Acabei de ler uma reportagem escrita por Geraldo Tite Simões, a respeito do desempenho da Fazer 250 – 2011.
Sou um viajante de longas distâncias, já tendo percorrido o Brasil, saindo de Belém e retornando para a capital paraense. Na ida fui pela costa e
retornei pelo centro, tendo chegado até a divisa com o Uruguai. Há dois anos, exatamente isso, fiz a volta pela América do Sul, pilotando um moto Yamaha XTZ 125, que aliás, foi uitilizada nas duas jornadas. Saí de Manaus e cheguei a Itaituba, onde moro, no sudoeste do Pará, cruzando
todos os países da América do Sul. No momento estou montando o projeto da próxima aventura, na qual pretendo sair da cidade do Pananá, cruzando toda a América Central e a América do Norte, retornando ao ponto de partida. Irei até o Alaska.
O que me motivou a escrever para vocês é a busca por uma informação fundamental para o meu projeto. Gostaria de saber, com o jornalista que escreveu a matéria, ou qualquer outra pessoa, qual é o consumo médio da Yamaha Fazer 250, ano 2011, a uma velocidade média de 100 km/h, posto que na matéria só fala do consumo médio a uma velocidade de 120 km/h. Com essa informação poderei calcular o meu consumo total de gasolina, pois sei por onde vou passar e a distância a ser percorrida. Espero poder conseguir essa informação. Atenciosamente, José Parente de Sousa (60), Itaituba, Pará.

José, Motonline não realizou teste com a Yamaha Fazer 250 e não temos como lhe fornecer esta informação de forma precisa. No entanto, acreditamos que esta informação poderá ser obtida no Fórum Motonline, onde vários motociclistas viajam muito com o modelo em questão e poderão lhe fornecer alguns números.
No entanto, leve em consideração as muitas variáveis que existem num viagem longa e tenha um número apenas como base. Boa sorte!
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
Erro
Prezados senhores, boa noite. Sou leitor e participante do “site” há algum tempo. Infelizmente o português empregado em algumas matérias está sofrível. Faltam vírgulas e acentuações, dentre outros. Quem não lê, mal ouve, mal fala, mal vê. Sempre acompanhei o Montonline, para aprender. Acredito que os senhores tenham capacidade infinitamente maior do que a minha. Desculpem minha falta de jeito. Eu só quero o melhor para nós, seguidores do Motonline! Atenciosamente, Samuel Gusmão Lemes da Silva (46) Jundiaí, SP.

Samuel, Pedimos desculpas pelos erros e vamos procurar corrigir. Obrigado pelo “puxão de orelha”. Abraço.
– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –
Patroa manda
Fala brothers… Tenho um sonho antigo de comprar uma moto, mas reluto com as 125, gostaria de uma 200 ou 250, porém o $$$ e a patroa é quem manda (mais a patroa hehehe), o que vocês me aconselhariam (não vale largar a patroa) para comprar com pouco $$ e que me desse prazer em pilotar. ps: gosto do estilo bike/scooters, não me vejo numa custom… abraço parceiros… Rodolfo Teixeira (28), Londrina, PR.

Rodolfo, Motonline não indica marca, modelo ou segmento de qualquer motocicleta. O estilo você já definiu. Parece que está será sua primeira motocicleta. Acredito que você não deve dar um passo maior que sua capacidade (de comprar e de pilotar). Assim, esqueça o preconceito com tamanho de motor e faça a escolha que seja mais adequada ao seu uso. É importante você fazer test-drive do modelo escolhido e avaliar a disponibilidade de peças e de assistência técnica. Depois, escolha com segurança e divirta-se. Boa escolha.