Sundown apresenta linha street 2010

FUTURE 125
Com duas novas cores, scooter está ainda mais esportivo e atraente
Prático e econômico, o scooter Sundown Future 125 é ideal para o transporte diário na cidade, combinando agilidade, conforto e espaço para bagagens. E em sua linha 2010, o modelo ficou ainda mais esportivo e atraente, com a disponibilidade de duas novas cores: vermelha e amarela. A outra opção de cor, já na linha em 2009, é a preta.

O visual futurista do Future 125 é composto por carenagem de fibra de vidro, leve e resistente, com formato afilado na frente e vincos diagonais nas laterais; duplo farol elíptico com dois focos de luz cada um; piscas e lanterna com lentes transparentes; e retrovisores com desenho aerodinâmico.

O Sundown Future 125 é sinônimo de comodidade. Medindo menos de dois metros de comprimento e com apenas 118 kg de peso total, ele é compacto e leve, qualidades que proporcionam mais agilidade no trânsito e facilidade para as manobras. O amplo assento acomoda confortavelmente piloto e carona, e sua distância de 77 cm de altura até o chão facilita as paradas nos semáforos e em estacionamentos.

Um aspecto característico dos scooters é a posição para pilotar, com os pés bem apoiados no assoalho e as pernas acomodadas no vão entre o assento e a coluna do guidão. Por essa razão, o Future 125 é cada vez mais admirado pelo público feminino, pois permite que elas pilotem usando vestido, saia e/ou salto alto.

Essa arquitetura permite mais uma vantagem dos scooters sobre outros veículos de duas rodas: os espaços para transportar objetos. O Future 125 dispõe de um baú sob o assento, com capacidade para 8 kg e volume suficiente para acondicionar o capacete, um porta-luvas multifuncional (abaixo do guidão) e o bagageiro traseiro, para até 6 kg. Ao todo, o Future 125 pode deslocar até 145 kg de carga.

O Sundown Future é equipado com motor monocilíndrico de quatro tempos, com 125 cm3 de cilindrada, comando de válvulas no cabeçote OHC (Over Head Camshift), refrigerado a ar, que gera 9,1 cavalos de potência e 0,9 kgfm de torque máximos, suficientes para lhe proporcionar ótimo desempenho, com reduzido consumo de combustível. Fora isso, o Future 125 atende aos índices de redução de poluentes e de ruídos exigidos pelo Promot III.

Para facilitar a pilotagem e tornar as viagens menos cansativas, o Future 125 conta com partida elétrica (além do pedal) e transmissão automática CVT (continuamente variável), dispensando as trocas de marcha.

As suspensões usam garfo telescópico hidráulico, na dianteira, e dois amortecedores, também hidráulicos, na traseira. Já o sistema de freios é composto por disco de 220 mm, na frente, e tambor de 130 mm, atrás. As rodas de liga leve, com aro 13” nos dois eixos, são montadas com pneus 130/60. O tanque de combustível, com capacidade para 6 litros (sendo um de reserva), garante excelente autonomia.
O Sundown Future 125 tem garantia de um ano sem limite de quilometragem e conta com 160 postos de assistência técnica em todo o Brasil.

SUNDOWN HAWK 150:
IDEAL PARA SUA VIDA, PERFEITA PARA O SEU BOLSO
Bem equipada, nova street traz mais estilo, conforto e economia de série
No dia a dia, ela está pronta para qualquer parada: ir e voltar do escritório, levar o documento que não pode ficar para depois, entregar no prazo a encomenda lá do outro lado da cidade, chegar a tempo para a primeira aula da faculdade. E sempre com muita disposição e consumindo quase nada de combustível. Quando chega o fim de semana, é hora de ela levar você e a pessoa que você gosta aos lugares mais incríveis da cidade, curtindo toda a sensação de liberdade e emoção de viver. E tudo isso com muito conforto e estilo.
Apresentada pela primeira vez ao público brasileiro no Salão Duas Rodas 2009, a Sundown Hawk 150 chega para se posicionar como uma nova e acessível opção no segmento das street, aliando ótimo desempenho, visual moderno, conforto, preço justo e baixo custo de manutenção.

Produzida em Manaus (AM), a Sundown Hawk 150 exibe uma combinação do estilo tradicional – representado pelo farol com lente redonda, elementos cromados e rodas raiadas – com linhas modernas e harmoniosas, presentes no reservatório de combustível, carenagens laterais e lanterna traseira. A Hawk 150 é oferecida nas cores preta, prata e vermelha.
A posição para pilotar é privilegiada pela configuração do guidão e dos retrovisores, pelo banco produzido de espuma injetada e a altura de 0,78 m do assento até o chão. O desenho do tanque de combustível, que tem capacidade para 12 litros, permite ao piloto manter as pernas mais próximas uma da outra e “encaixadas” à moto, o que além de ampliar a sensação de conforto, reduz o arrasto com o ar, resultando em melhor desempenho e economia de combustível. Com 2,06 m de comprimento, 0,79 m de largura total e 115 kg de peso, a Hawk 150 permite muita agilidade nas manobras e fluidez nos congestionamentos.

A Sundown Hawk 150 é equipada com motor monocilíndrico de quatro tempos, OHV (Over Head Valve, ou comando de válvulas no bloco), com 149 cm3 de cilindrada, refrigeração a ar, e que desenvolve 11,4 cavalos de potência e 0,8 kg kgfm de torque máximos. A alimentação é feita por carburador simples, mais confiável e de baixa manutenção. Para atender aos índices de redução de poluentes estabelecidos pelo Promot 3, a Hawk 150 dispõe de catalisador incorporado ao sistema de escapamento. A transmissão é composta por câmbio de 5 velocidades e transmissão final por corrente.

A ciclística da Hawk 150 é composta por chassi tipo Diamond, que lhe confere maior resistência estrutural, suspensão dianteira com garfo telescópico, com 120 mm de curso, e duplo amortecedor hidráulico traseiro, com 75 mm de curso. O sistema de freios usa disco de 245 mm na frente, com pinça de duplo pistão, e tambor de 130 mm, atrás. As rodas de 18” são calçadas com pneus nas medidas 2,75 x 18 42 P (diant.) e 90/90 x 18 57 P (trás.).

O pacote de itens de série da Hawk 150 inclui partida elétrica (e também por pedal), cavalete central, suporte para bagagens e cano de escape pintado em preto fosco. A Sundown Hawk 150 tem garantia de um ano, sem limite de quilometragem.