Categoria SuperBike no SuperBike Series Brasil 2014

SuperBike Series Brasil: promessa de ShowDown eletrizante

O SuperBike Series Brasil chegou à fase tão esperada do ShowDown, na qual os oito primeiros pilotos classificados da categoria Pro, a principal do evento, têm as pontuações zeradas e redefinidas de acordo com a classificação de cada participante. Assim, as duas últimas etapas ficam ainda mais eletrizantes.

Vai começar o ShowDown no SuperBike Series Brasil em Santa Cruz do Sul (RS)

Vai começar o ShowDown no SuperBike Series Brasil em Santa Cruz do Sul (RS)

Neste final de semana, entre os dias 17 e 19 de outubro, é a vez de Santa Cruz do Sul (RS) receber a penúltima etapa do ano. Na categoria Pro, a novidade fica por conta da rodada dupla. Serão duas corridas no domingo (19), uma às 12h07 e outra às 16h49. Os pilotos estarão disputando o dobro de pontos de uma etapa normal.

O atual líder, dono de todas as poles do ano e vencedor das últimas quatro etapas é Maico Teixeira (#36), da Equipe Honda Mobil, com 525 pontos. O gaúcho revelou que duas vans e um ônibus sairão de Alvorada (RS), sua cidade natal, com mais de 80 pessoas para torcer por ele. “Minha família e amigos vão estar lá. A expectativa é ter muita gente conhecida. É uma pressãozinha a mais, mas é muito bom. Querendo ou não, estarei em casa, e é a primeira etapa do ShowDown, então tenho que andar com bastante concentração e cuidado”, avalia Maico que busca o bicampeonato. O piloto da casa também falou das dificuldades da pista do Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul. “A pista lá é muito técnica, mas é preciso estar focado. É um traçado que exige mais técnica do que velocidade. Eu até tinha alguma vantagem, mas agora até o oitavo colocado tem chance de ser campeão”, fala.

Na segunda posição está é seu companheiro de equipe José Luiz Cachorrão (#51), que tem 522 pontos, seguido pelo italiano Sebastiano Zerbo, da Target Racing SBK Team, com 520. Diego Pretel (#88), da Squadra Ducati Ribeirão, é quarto com 518 pontos. O paulista está 100% fisicamente para brigar pelo troféu do SuperBike. “A pista de Santa Cruz eu conheço bem. E felizmente, nesta etapa não estou com nenhum problema de lesão, então vou dar meu máximo para ser campeão. Não posso pensar em erro, apenas em dar o meu melhor”, explica Pretel.

Massao Nishimoto (#41), quinto colocado, adotou um discurso mais cauteloso. O piloto da Dynel’s Racing Team, e pretende manter a boa colocação nas próximas corridas, mas prevê provas muito difíceis e disputadas. “Agora que começou o ShowDown, eu preciso ser cuidadoso, mas ao mesmo tempo acelerar forte para brigar pelas primeiras posições. Eu conheço bem a pista de Santa Cruz, espero ter um bom resultado”, diz. Já o sexto colocado, Bruno Corano, da ELF Monster Energy Kawasaki SuperBike Team, acredita que a sua experiência aliada a uma ajudinha dos ‘deuses do asfalto’ possa jogar a seu favor. “A expectativa para Santa Cruz do Sul é muito boa, é uma pista muito técnica, na qual os mais experientes se destacam. Em nenhuma outra pista do país os pilotos ficam tanto tempo inclinados com as motos. Mas o mais importante é buscar dentro de mim o desejo de vencer. Esse sim será o fator determinante”, avalia.

Após largada avassaladora, Sabrina Paiuta terminou a prova na 8ª colocação - foto de Carol Coelho

Sabrina Paiuta é a única mulher classificada para o ShowDown

A sétima colocada e única mulher classificada para o Showdown é Sabrina Paiuta (#8), da Mobil Ituran Racing Team, que já vem fazendo bonito no seu ano de estreia na principal categoria do SuperBike. “Estou ansiosa por ser a minha primeira vez no Autódromo de Santa Cruz do Sul com uma moto de 1000cc. Será um desafio e aprendizado. Espero me adaptar rapidamente e figurar entre os cinco primeiros”, avalia. O oitavo e último classificado é Pablo Nunes (#777), da BH Racing, que espera manter a regularidade nessa reta final para melhorar ainda mais sua classificação. “A expectativa é manter o desempenho das últimas duas etapas e tentar tirar a diferença para chegar pelo menos em sexto”, fala.

Os fãs já podem adquirir os ingressos para a sétima etapa do SuperBike. O acesso às arquibancadas é gratuito e as entradas devem ser retiradas no dia do evento, na bilheteria, ou nos pontos de vendas autorizados abaixo relacionados.

Entenda o ShowDown
O regulamento funciona da seguinte forma: os oito pilotos melhores ranqueados na categoria SuperBike Pro têm as suas pontuações zeradas e, em seguida, recebem cada um 500 pontos. De acordo com suas posições atuais, serão incluídos de 25 a 13 pontos, conforme a tabela de classificação: 1º (525 pontos), 2º (522 pontos), 3º (520 (pontos), 4º (518 pontos), 5º (516 pontos), 6º (515 pontos), 7º (514 pontos) e 8º (513 pontos).

Classificação para o ShowDown – categoria SuperBike Pro
1º Maico Teixeira #36 – 525 pontos
2º José Luiz Teixeira “Cachorrão” #51 – 522 pontos
3º Sebastiano Zerbo #81 – 520 pontos
4º Diego Pretel  #88 – 518 pontos
5º Massao Nishimoto #41 – 516 pontos
6º Bruno Corano #34 – 515 pontos
7º Sabrina Paiuta #8 514 – pontos
8º Pablo Nunes #77 – 513 pontos

Pontos de venda de ingressos:
O Nêny – Rua São João, 315 (ao lado do portão 2 da Unisc)
Itelcom Celulares – Rua Marechal Deodoro, 342 – Centro
Posto Zimmer – Rua Senador Pinheiro Machado, 616 – Centro
Honda Carros – Trav. Érico Veríssimo, 470
Ciclovia – Rua Julio de Castilhos, 1.945
Valecross – Rua 28 de setembro, 1.800