Sebastiano Zerbo foi o vencedor da categoria principal

SuperBike Series: temporada 2013 tem público de cem mil pessoas

A quinta etapa do SuperBike Series Brasil terminou no último domingo (14), em Interlagos, com provas emocionantes e arquibancadas cheias. O campeonato de motovelocidade teve mais um dia de grande público e chegou à marca de 100 mil pessoas após cinco etapas realizadas até agora.

Sebastiano Zerbo foi o vencedor da categoria principalA SuperBike, categoria principal do evento, levantou os fãs nas arquibancadas com muitas ultrapassagens e várias trocas de liderança o que deu à corrida emoção de sobra e terminou com Sebastiano Zerbo (#81), da Team SBK Ducati Perfect Motors, na primeira posição. Depois de largar em quarto, o italiano acelerou forte nas disputas pela primeira posição e conseguiu sua segunda vitória consecutiva no campeonato. “Eu me sinto muito bem aqui no Brasil e estou emocionado com a vitória. Meus companheiros também andaram muito bem, foi muito difícil, mas estou muito feliz com esse primeiro lugar”, comentou.

A segunda posição ficou com Allan Douglas (#78), da PTR/Grid Club/Siemaco, que assumiu a liderança no início da prova, mas acabou perdendo a disputa para Zerbo. Diego Pretel (#88), companheiro de Zerbo na Team SBK Ducati Perfect Motors, terminou em terceiro. A quarta posição ficou com José Luiz Cachorrão (#51), da Equipe Honda Mobil, que largou em segundo, perdeu posições no início e se recuperou antes do fim. Quem fechou o Top-5 da disputa em Interlagos foi Ricieri Luvizotto (#48).

Com os resultados, a liderança do Campeonato Brasileiro da SuperBike Pro segue com Maico Teixeira (#36), da Equipe Honda Mobil, que fechou a prova na sexta posição e está com 88 pontos, seguido por Cachorrão, que tem 83, e Zerbo, que chegou aos 72 pontos após a vitória. Alan Douglas está com 62 pontos, enquanto Bruno Corano (#34), da Elf Monster Energy Kawasaki SuperBike Team, tem 53 pontos após ter terminado a etapa na décima posição.

Confira como foram as provas das outras categorias:

SuperBike Pro Amador – Depois de largar na frente entre os pilotos de sua subcategoria, Marcelo Cortes (#144), da SBK Rio, se manteve na ponta e terminou em primeiro no Autódromo de Interlagos. A segunda posição ficou com Joãozinho Sobreira (#113), da Andric Motorcycle, que terminou à frente de Leo Moya (#7), da Motom. Em quarto, ficou Rodrigo Adami Xuxa (#55), da Sapienza Racing Team, seguido por José Gregorio (#6), da SBK Brasil.

SuperBike Pro Estreante – O argentino Leo Pucho Bagnis (#132), da HPN Racing, dominou o fim de semana da SuperBike Pro Estreante em Interlagos. Depois de conquistar a primeira posição no classificatório, o piloto cruzou a linha de chegada na frente. O segundo colocado foi Pablo Moyses (#777), da BH Racing, que terminou logo à frente de Ricardo Fox (#69), da Motor e Cia Racing Team. Paulinho Kamba (#169), da HPN Racing, foi o quarto, à frente de Ricardo Matiussi (#130), da Motor e Cia Racing Team.

SuperBike Pro MasterRicardo Suñe (#133), da Fenix Comex, foi o grande vencedor da SuperBike Pro Master. O venezuelano cruzou a linha de chegada na frente dos rivais e subiu no lugar mais alto do pódio. Ricardo Gornati (#99), da RacinGornati, foi o segundo colocado e terminou à frente de Elson Tenebra (#2), da K10, que terminou a prova na terceira colocação. O quarto colocado foi Carlos Augusto Pop (#94), da Equipe Fast Pop.

SuperBike LightJames Michael Mike (#137), da Misano Racing Team, foi o vencedor da prova da SuperBike Light. A segunda posição ficou com Ricardo Negretto (#38), da Sapienza Racing, que terminou à frente de Willians Sales Piui (#111), da Misano Racing Team. O quarto colocado foi Fábio Spina (#35), da Sport Plus Racing, seguido por Ricardo Levy (#50), da SBK Ducati Racing Team. Rodrigo Sobral (#120), da Solo Moto/R Tech, se envolveu em um acidente e acabou ficando para trás.

SuperBike Light MasterFernando Firpo confirmou seu favoritismo e venceu a prova. A segunda posição ficou com Marco Guimarães (#27), da Lagartixas Racing Team, seguido por Carlos Quintas (#11), da SBK Rio. Em quarto, ficou Walter Agustin (#116), da SBK Brasil, à frente de José da Cunha (#133), da BordSak.

600cc SuperSport ProDouglas Figueiredo (#777) teve de acelerar forte para vencer a prova. Após largar em primeiro e perder posições no início, ele se recuperou e terminou a prova na primeira posição. A segunda posição acabou ficando com Luiz Cerciari (#3), da Cerciari Racing School, que terminou à frente de André Veríssimo (#9), da Bikes Wash Racing/K10 Motos. A quarta posição ficou com Alex Schultz (#22), da Schultz Racing Team, seguido por Ives Moraes (#23), da Motom.

600cc SuperSport Pro AmadorMarcus Trotta (#66) foi o nome da categoria. O piloto da Motom venceu a prova. Douglas Pecoraro (#19), da Bikes Wash Racing, e Flaudemir Júnior (#99), da BordSak, ficaram com o segundo e terceiro lugares, respectivamente. Christian Cerciari (#83), da Cerciari Racing School, finalizou em quarto, seguido de Antonio Franzen (#10), da Fast Brothers Team.

Copa Honda CBR 600F ProGiovandro Tonini (#89) levou a melhor na disputa da categoria. O piloto da Alemão Pneus Racing fez uma boa prova e terminou com a vitória. Geison Barros (#2), da Lgr Rodabril Team, acabou na segunda posição.

Copa Honda CBR 600F Light – A Copa Honda CBR 600F Light teve uma das chegadas mais emocionantes do SuperBike Series Brasil. Lucas Teodoro (#41), da ST Racing, venceu a prova por uma diferença de apenas 0,014s para Beto Van Cleef (#162), da Team Faster Honda, que terminou em segundo. A terceira posição ficou com Lucas Dezeró (#7), da Alemão Pneus, que ficou à frente de Bruno Bert (#33), da Team Faster Honda, Fábio Prandini (#5), da Misano Racing Team.

Copa Honda CB 300R ProMaurício Venhoven Sagui (#17) conquistou a vitória em uma disputa emocionante. O piloto da Tuba Racing Team segurou a primeira posição em uma briga acirrada com Osvaldo Duende Filho (#55), da Duende Racing, que terminou em segundo. A terceira posição ficou com Rubens Pacheco (#200), da Rodas Mil Competições, que ficou à frente de Marcelo Toma (#35), também da Rodas Mil Competições, e de Celso Pimenta (#675), da WRCV Racing.

Copa Honda CB 300R Light – Até o fim da temporada, a categoria Copa Honda CB 300R Light promete ser eletrizante. E dois pilotos despontam na briga pelo título. Na quinta etapa, Murillo Latorre (#954), da PZ Racing, venceu o duelo diante de Allex Alvarenga (#50), da Tomate Racing, e chegou à terceira vitória na competição. Alvarenga finalizou em segundo, seguido de Juninho Cerino (#85), da Duende Racing, e Régis Gomes (#126), da José Preparações. O piloto Eduardo Akama (#7), da Rodas Mil/RP Competições, completou as dez voltas de prova na quinta colocação.

Copa Kawasaki Ninja 250R ProMarcelo Augusto Cristal (#9), da Bordsak, terminou a prova em primeiro lugar, à frente de Júlio Castroviejo (#24), da Sarachú Racing Team, que foi o segundo. O terceiro colocado da categoria foi Daniel de Oliveira (#25), da Sarachú Racing Team, que superou os pilotos Carlos Pássaro (#77), da Duda Racing, e Lucas Tosato (#16), da Procomps Racing Team, que ficaram em quarto e quinto, respectivamente.

Sabrina Paiuta vence mais uma com chegada "mágica"

Sabrina Paiuta vence mais uma com chegada "mágica"

Copa Kawasaki Ninja 250R Light – Após largar na primeira posição, Claudinei Costa Silva (#44) dominou a corrida e conquistou a vitória com boa vantagem para seus oponentes. O segundo colocado foi Cristiano Aires (#14), da Serra Racing, seguido por três pilotos da Procomps Racing Team. Dudu Rossini (#60) foi o terceiro colocado, seguido por Vitor Batista (#999) e Thiago Carvalho Costa.

Copa Kawasaki Ninja 300cc Pro – Uma prova de tirar o fôlego. Essa foi a tônica da Copa Kawasaki Ninja 300cc Pro. O pole position André Gama (#46), da Procomps Racing Team, manteve a liderança até a última volta, quando Sabrina Paiuta (#88), da Mobil Rush Racing Team, deu o bote final e venceu a corrida após ultrapassagem na linha de chegada. “Ao contrário do que dizem, minhas conquistas não são mágicas. Eu trabalho muito para vencer”, afirma Sabrina. Gama finalizou em segundo. A terceira colocação ficou com Carlinhos Andrade (#43), da Pro Rici Team, seguido de Josué Buchecha (#404), da Gyn Racing Team, e Pierre Balducci (#73), da Procomps.

Lucas Torres Mercado, vencedor da primeira prova da Júnior Cup

Lucas Torres Mercado, vencedor da primeira prova da Júnior Cup

Copa Kawasaki Ninja 300cc Light Junior Bezerra (#19) venceu a prova da categoria. O piloto da Team RI havia terminado a prova em segundo, mas herdou a primeira colocação após Diego Querzoli (#92), da Schultz Racing Team, perder 20 segundos por irregularidade técnica. Com isso, Querzoli caiu para terceiro, atrás de Willian Ribeiro (#15), da Wr Racing Team/Tuba Racing Team. Maurício dos Santos (#13)  acabou a prova na quarta colocação, e Antonio Rodrigues “Bequinho” (#12) foi o quinto colocado.

Honda Junior Cup – A garotada da Honda Junior Cup foi um dos grandes destaques deste domingo no SuperBike Series Brasil. Após a volta de apresentação guiada pelo tutor Gian Calabrese, os pilotos aceleraram forte pela primeira vez em uma prova válida pelo campeonato. Depois de seis voltas com a Honda CG 150 Titan customizada, o piloto Lucas Torres Mercado (#46) terminou com a vitória após largar em segundo. Rafael Traldi (#134) começou a corrida na quarta posição e terminou em segundo, à frente de Enzo Paschoalin (#114), que largou em primeiro e terminou a corrida na terceira colocação. O quarto colocado foi Luiz Octávio Palma Nunes (#4), seguido por Davi Gomide (#31), e Bruno Marzola (#666), que completaram o grid da categoria.