Foto: Leandro Silva, piloto da MX1 do Team Honda

Team Honda aquece a disputa do Brasileiro de Motocross

Foto: Leandro Silva, piloto da MX1 do Team Honda

Foto: Leandro Silva, piloto da MX1 do Team Honda

Na terceira etapa, Marcello “Ratinho” (MX2), Thales Vilardi (MXJr) e C‚zar Zamboni (85cc) vencem e continuam na ponta da tabela; Vit¢ria escapa por muito pouco de Leandro Silva na categoria MX1

O Team Honda aqueceu a disputa do Campeonato Brasileiro de Motocross na terceira etapa, realizada neste domingo em Carlos Barbosa (RS). A equipe faturou duas vit¢rias muito disputadas nas categorias MX2 e 85cc, com Marcello “Ratinho” e C‚zar Zamboni, respectivamente. Na MXJr, Thales Vilardi sobrou e venceu com folga. Os trˆs pilotos continuam na lideran‡a de suas categorias. J  na MX1, a vit¢ria escapou por muito pouco das mÆos de Leandro Silva, que liderou praticamente o tempo todo. Na pen£ltima volta, ele perdeu a posi‡Æo e terminou em segundo lugar.

O Team Honda considerou os desempenhos positivos. “Foram resultados muito consistentes. O campeonato est  extremamente disputado e estamos trabalhando bastante, j  que ainda temos cinco etapas pela frente”, lembrou Wilson Yasuda, gerente de competi‡äes do Team Honda. “Na temporada, sempre h  um pico inicial de desempenho na equipe. Por isso, queremos manter uma constƒncia, j  que o final do campeonato sempre ‚ muito dif¡cil. Tamb‚m iremos realizar testes para melhorar ainda mais o desempenho das motos”, antecipou.

MX1 – A vit¢ria da MX1 escapou por pouco do Team Honda. Leandro Silva largou entre os ponteiros e, logo na primeira volta, quando estava em terceiro lugar, ultrapassou de uma s¢ vez JoÆo “Marronzinho” e Duda Parise. O piloto administrou o resultado at‚ a pen£ltima volta, mas Marronzinho aproveitou um espa‡o quando Leandro foi ultrapassar o companheiro de equipe Wellington Garcia, que vinha lento na bateria em fun‡Æo de um pneu furado.

“Imprimi ritmo forte no come‡o e consegui abrir vantagem. Da metade para o final da corrida, os r etardat rios e a pista pequena dificultaram o meu trabalho. Acabei perdendo ritmo e o Marronzinho me passou numa curva. As corridas estÆo muito equilibradas e ainda tem muita coisa para acontecer at‚ o final do campeonato”, relatou Leandro Silva, do Paran , que caiu para segundo lugar na classifica‡Æo geral. Jean Ramos conseguiu o seu primeiro p¢dio na MX1, com o quarto lugar.

MX2 – Equil¡brio e muita emo‡Æo foram as principais marcas da bateria da MX2. Marcello “Ratinho”, do Team Honda, venceu duelo com o piloto Rodrigo Selhorst, assumindo definitivamente o primeiro lugar aos 20 minutos de corrida. No in¡cio da bateria, outros pilotos entraram forte da briga pelo primeiro lugar: Jean Ramos, tamb‚m do Team Honda, Davis GuimarÆes e Carlos Eduardo Franco. Jean ficou em terceiro lugar.

Ratinho ficou bastante satisfeito em manter a invencibilidade na lideran‡a do campeonato. “A bateria teve um ritmo muito forte e foi extremamente dif¡cil. NÆo fui bem nos treinos e nem na largada, mas consegui fazer as ultrapassagens e ganhar a prova. Estou muito feliz e gostaria de agradecer a todos que torceram por mim”, disse o piloto paulista.

Jean Ramos, que teve uma gripe durante a semana, sentiu o forte ritmo dos ponteiros. “Estava brigando pelo primeiro lugar, mas acabou faltando energia no final. De qualquer forma foi um ¢timo resultado, ainda mais por eu ter ficado doente h  alguns dias”, concluiu o paranaense.

85cc – A briga da 85cc ficou dentro do Team Honda. Acompanhados de perto por Everaldo Filho, C‚zar Zamboni e Rodrigo “Lama” revezaram-se na lideran‡a da prova e levantaram as arquibancadas. Zamboni s¢ confirmou a vit¢ria na £ltima curva, mantendo-se na ponta da tabela. “Foi uma corrida muito dif¡cil. Disputamos a lideran‡a metro a metro e fiquei feliz de sair vitorioso. Vou continuar trabalhando bastante para as pr¢ximas etapas”, disse o mato-grossense.

MXJr – A corrida da MXJr come‡ou eletrizante, com Rodrigo Rodrigues na lideran‡a e Thales Vilardi em quinto lugar. O piloto do Team Honda foi ganhando posi‡äes e, minutos depois, assumiu a lideran‡a da prova. Vilardi administrou a vantagem at‚ o final, cada vez abrindo mais tempo sobre os advers rios, a cruzou a linha de chegada em primeiro com facilidade. Hector assun‡Æo confirmou a quarta coloca‡Æo.

Vilardi comemorou bastante a vit¢ria. “A maior dificuldade da corrida foi a pista, que estava bastante esburacada. Fiz uma boa largada e briguei bastante por posi‡äes no in¡cio da corrida. Depois consegui abrir e vencer a ba teria. Estou muito feliz”, concluiu o piloto.

Resultados da terceira etapa do Brasileiro de Motocross:
MX1 – 1 – JoÆo “Marronzinho”
2 – Leandro Silva – HONDA CRF 450R
3 – Roosevelt Assun‡Æo
4 – Jean Ramos – HONDA CRF 450R
5 – Pipo Castro
6 – Wellington Garcia – HONDA CRF 450R

MX2 – 1 – Marcello “Ratinho” – HONDA CRF 250R
2 – Rodrigo Selhorst
3 – Jean Ramos – HONDA CRF 250R
4 – Douglas Parise
5 – Swian Zanoni

85cc – 1 – C‚zar Zamboni – HONDA CRF 150RB
2 – Everaldo Filho- HONDA CRF 150RB
3 – Rodrig o “Lama” – HONDA CRF 150RB
4 – Endrews Armstrong
5 – Eduardo Rudnick

MXJr – 1 – Thales Vilardi – HONDA CRF 250R
2 – Gustavo Amaral
3 – Anderson Cidade
4 – Hector Assun‡Æo – HONDA CRF 250R
5 – Rodrigo Rodrigues
7 – Gustavo Takahashi – HONDA CRF 250R