Foto: Rodrigo Lama defende o Team Honda na categoria 85cc no Arena Cross

Team Honda planeja salto em direção ao título do Arena Cross

Foto: Rodrigo Lama defende o Team Honda na categoria 85cc no Arena Cross

Foto: Rodrigo Lama defende o Team Honda na categoria 85cc no Arena Cross

Leandro Silva (MX1), Jean Ramos (MX2) e Rodrigo “Lama” (85cc) estão na ponta da competição que chega à sexta etapa

Os pilotos do Team Honda entram na reta final do Arena Cross com o objetivo de dar mais um salto em direção ao título. Neste sábado (9), o grupo retorna a Indaiatuba, interior de São Paulo, cidade sede da equipe, para acelerar pela sexta etapa da competição. Leandro Silva, Jean Ramos e Rodrigo “Lama” lideram as categorias MX1, MX2 e 85cc, respectivamente, e pretendem lutar para defender as posições até o final do campeonato que conta com oito fases. As provas serão disputadas a partir das 19h, na arena montada na Rua dos Indaiás (paralela a Rodovia Santos Dumont). Os ingressos podem ser trocados por dois quilos de alimentos não perecíveis.

Diferente do Campeonato Brasileiro, que conta com uma briga forte pelo primeiro lugar, o Arena Cross está um pouco mais tranqüilo para Leandro Silva, na categoria MX1. Na liderança com 86 pontos, o paranaense não contará com a presença do companheiro de equipe Wellington Garcia, atual vice-líder afastado por causa de uma lesão.

“Estou com uma diferença razoável para o terceiro lugar. Mas não posso errar. Vou tentar fazer uma boa prova. O Arena está um pouco mais tranqüilo, mas não posso facilitar por isso. Em provas como esta a largada conta muito, por isso, vou priorizá-la”, destacou Leandro, que entra na pista com a motocicleta Honda CRF 450R. A terceira colocação pertence a Roosevelt Assunção, com 69 pontos, sendo que Wellington Garcia tem 74.

O paranaense Jean Ramos, ca mpeão do Latino-Americano de Motocross da MX2, está com todas as atenções voltadas para a disputa da categoria. No último final de semana, em Cachoeiro de Itapemirim (ES), quando sofreu uma queda nos treinos do Brasileiro, o piloto preferiu se poupar para se garantir no Arena. “Poderia ter corrido em Cachoeiro, mas estava sentindo dores fortes. Caí no treino da MX1 e machuquei a virilha. Não conseguia firmar a perna. Preferi me poupar para o Arena, já que estou na liderança”, explicou.

Com sua motocicleta Honda CRF 250R, Jean soma até agora 81 pontos, uma boa vantagem sobre o companheiro de equipe Marcello “Ratinho”, que tem 65 pontos na segunda posição. Por isso, preferiu não desperdiçar a chance de se manter na liderança. “Estou com uma boa pontuação. Vou procurar fazer uma corrida perfeita. A minha expectativa é muito boa. Estou fazendo fisioterapia para estar pronto no sábado. Esta etapa é muito importan te, pois pode definir posições importantes até o final do campeonato.”

Além de Jean e Ratinho, a Honda entra na pista para a bateria da MX2 com Thales Vilardi e Dudu Lima, que ocupam a sexta e a sétima colocação, respectivamente.

Para o sergipano Rodrigo “Lama” a fase é mais que promissora. O piloto entra na competição depois de conquistar por antecipação o título do Campeonato Brasileiro no último final de semana. No Arena Cross ele segue na frente da mesma categoria com 67 pontos e terá pista sem um dos principais adversários, o companheiro de equipe Everaldo Filho, que sofreu uma fratura no braço na última etapa do campeonato.

“Estou muito feliz por ter chegado ao título brasileiro. Estou treinando muito. Vou correr com muita força no Arena. Se vencer esta e a próxima etap a chego bem próximo do título.” Lama, que ainda disputa mais duas competições – o Campeonato Brasil Nordeste e o Sergipano de Motocross – quer ainda mais. “Estou disputando quatro campeonatos e quero vencer todos este ano.”

O matogrossensse Cezar Zamboni completa a equipe na bateria da 85cc. O piloto está em quinto lugar com 39 pontos. Os dois aceleram com uma Honda CRF 150RB.