Um "mar" de motos de todos as origens - Foto: Everson/Moto Tour

Terminou neste domingo(5) o Paranaguá Motos 2012

 

A bela e quadricentenária cidade de Paranaguá/PR, sede do Paranaguá Motos

A bela e quadricentenária cidade de Paranaguá/PR, sede do Paranaguá Motos

Com presença estimada entre 70 a 80 mil visitantes nos 3 dias do encontro (segundo estimativa do presidente do MC Robalos Rebeldes, Carlos Roberto, ou simplesmente Beto), terminou ontem à noite o Paranaguá Motos 2012, seguramente o maior encontro de motociclistas do Sul do país.

Carlos Roberto (beto), presidente do MC organizador do Paranaguá Motos

Carlos Roberto (beto), presidente do MC organizador do Paranaguá Motos

A cada ano que passa o Moto Clube Robalos Rebeldes, organizador do Paranaguá Motos, se aprimora e, com apoio da Prefeitura Municipal de Paranaguá, oferece infraestrutura impecável ao evento, que está em sua 13ª edição neste ano.

Dos visitantes não faltaram elogios à organização, que se preocupou com os mínimos detalhes para proporcionar entretenimento, acomodações, suporte de alimentação, banheiros limpos, camping aberto e coberto totalmente gratuitos e com banho quente, feira de produtos motociclísticos em quase uma centena de quiosques e, principalmente, segurança – via-se policiais Militares e da Guarda Municipal para todo canto que se olhava. Essa providência teve como resultado a presença numerosa de famílias com crianças de todas as idades, coisa não muito comum em eventos dessa natureza.

No útimo dia foram sorteadas 2 motos Honda – uma CG Titan e Honda Lead – fruto de uma rifa vendida durante o decorrer do encontro.

Um "mar" de motos de todos as origens - Foto: Everson/Moto Tour

Um "mar" de motos de todos as origens - Foto: Everson/Moto Tour

Quanto às motos então, estas merecem um capítulo à parte, pela variedade de marcas, modelos, origens e idades – além de motos modernas espetaculares, raridades com mais de 30 ou 40 anos desfilavam a todo instante pelo evento, atraindo olhares por onde passavam.

Garotas bonitas "iluminando" o Paranaguá Motos

Garotas bonitas "iluminando" o Paranaguá Motos

Em todos os dias do evento ocorreram shows musicais em um grande palco instalado no ponto central da praça do encontro, o que atraia multidões ávidas para curtir o bom rock and roll, inseparável das motos e seus pilotos. Ouvia-se músicas cover do Kiss, Deep Purple, Pink Floyd, U2 e outras grandes bandas nacionais e internacionais a todo instante, incendiando a galera que sempre queria mais, tudo na mais perfeira harmonia. Foi insignificante o número de ocorrências policiais registradas.

E como não poderia faltar em se tratando de um encontro motociclístico, havia abundância de lindas garotas, claro que a grande maioria protegida por seus respectivos “guarda-costas”.

Estátua humana - no cartaz diz sabiamente "... e assim tudo começou!"

Estátua humana - no cartaz diz sabiamente "... e assim tudo começou!"

Como em qualquer evento, de qualquer natureza, sempre há os personagens pitorescos, aqueles que chamam a atenção. No Paranaguá Motos não foi diferente, dentre os que encontramos, selecionamos um lava-moto diferente, onde as motos eram lavadas por garotas de short e também uma estátua humana que encenava criativamente o início de todo motociclista, a bicicleta, quando criança.

Muito fácil chegar à conclusão de que o encontro agradou, bastava ver o ar de satisfação estampado na face dos presentes, tudo era motivo de alegria e comemoração. Um mundaréu de gente vestida a caráter, com sua indumentária característica, adornada com bordados e botons anunciado sua origem ou seu moto clube de filiação.

Um evento primoroso que se encerrou, mas conforta-nos saber que no ano que vem haverá outro, sem dúvida ainda melhor, tal é a dedicação e carinho de seus organizadores.

Um lava-moto diferente - Foto: Everson/Moto Tour

Um lava-moto diferente - Foto: Everson/Moto Tour

 

Relíquias com mais de 30 anos podiam ser vistas a todo momento

Relíquias com mais de 30 anos podiam ser vistas a todo momento

Grande público prestigiando o show diário de weeling

Grande público prestigiando o show diário de weeling

Shows nos 3 dias do evento atrairam multidões - Foto: Everson/Moto Tour

Shows nos 3 dias do evento atrairam multidões - Foto: Everson/Moto Tour



Mário Sérgio Figueredo

Motociclista apaixonado por motos há 42 anos, começou a escrever sobre motos como hobby em um blog para tentar transmitir à nova geração a experiência acumulada durante esses tantos anos. Sua primeira moto foi a primeira fabricada no Brasil, a Yamaha RD 50.