Honda-Pop-110i-8

Test ride da nova Pop 110i

Agora ela é injetada, tem novo motor, mais potente e foi toda redesenhada. E vai manter a fama de ser feia, daquele tipo de feiura que a gente se acostuma e acaba gostando. Ela é a moto da família, do povo brasileiro do norte e nordeste. Popular e feia como o Fusca foi na sua época, ela convence uma legião de consumidores, porque é um veículo útil, prático, econômico e por que não dizer, divertido.

Motor maior, mais potente e mais moderno equipa a nova Pop i - Faz toda diferença

Motor maior, mais potente e mais moderno equipa a nova Pop 110 i – Faz toda diferença

A Pop 110i usa o motor da CRF 110 - Uma moto para crianças de 8 a 11 anos

A Pop 110i usa o motor da CRF 110 – Uma moto para crianças de 8 a 11 anos

Não é a função dela mas a maior diversão veio por conta das modificações implementadas. O motor de 110cc é muito mais moderno, ele veio emprestado da CRF110, uma moto para diversão de crianças entre 8 a 11 anos feita para o off-road, mas na Pop ele recebeu injeção eletrônica e até a potência aumentou um pouco, de 7,52 cv em 7.500 rpm na CRF 110 para 7,9 cv em 7.250 rpm.
Por isso você percebe ainda maior diferença em relação à Pop antiga.

O chassi também é novo e tem um pequeno decréscimo no ângulo da coluna da direção, (rake) que lhe traz mais rapidez nas manobras, mas pode perder estabilidade nos trechos esburacados. No test ride que fizemos em Recife, ela se mostrou boa em piso de alta tração e liso. Faz rápidas manobras e permanece mais à mão que o modelo antigo.

O novo design revela uma imagem mais encorpada, sem perder o DNA da Pop original

O novo design revela uma imagem mais encorpada, sem perder o DNA da Pop original

A suspensão também está melhorada, mais firme e reflete menos no chassi durante as frenagens. Porém a grande mudança que você percebe está na aceleração do motor. Ele empurra com mais força, desde as baixas rotações até as mais altas e você percebe que pode atingir velocidades próximas de 100 Km/h. Resultado do aumento da potência e torque. E essa melhora veio acompanhada de maior economia, por causa da injeção eletrônica e um pequeno aumento do tanque de gasolina, a autonomia também aumentou.

Galeria de fotos

A Honda Pop tem sido líder do mercado na sua categoria e essa vem crescendo nos últimos tempos. Em 2016 estima-se que vai ocupar 10% de todo mercado de motos, com a quantidade próxima de 200.000 veículos.
O modelo Pop já ocupa a segunda colocação entre as motos mais vendidas da Honda, desde que foi lançado o modelo já vendeu 820 mil unidades e em 2015 já foram emplacadas 63 mil, conforme dados da Abraciclo. Porém é na região norte e nordeste que está 97% desse mercado, ficando as regiões sul e sudeste com apenas 3% do total.

A Pop é para o cidadão majoritariamente masculino, iniciante do motociclismo que acredita na opção, com preço acessível, fácil de comprar, durável, com baixo consumo de combustível e de fácil pilotagem. Assim, a Pop i se mostra como uma das melhores opções de transporte pessoal que de forma amigável proporciona liberdade de locomoção.

Ficha técnicaficha-tecnica-honda-pop-110i

>




Pioneiro no Motocross e no off-road com motos no Brasil, fundou em 1985 o TCP (Trail Clube Paulista). Desbravou trilhas em torno da capital paulista enquanto testava motos para revistas especializadas.