Foto: Líder da competição, Colatreli quer o título do TNT

TNT SBK encerra temporada 2010

Foto: Líder da competição, Colatreli quer o título do TNT

Foto: Líder da competição, Colatreli quer o título do TNT

A última etapa do TNT SBK, que acontece neste fim de semana (27 e 28 de novembro), tem tudo para ser uma etapa histórica para o motociclismo nacional. A prova acontece junto com a final do Itaipava GT Brasil, com a etapa brasileira do Mundial FIA GT1, e define o campeão da maior competição de motovelocidade do Brasil.

Murilo Colatreli, Alecsandre “Doca” De Grandi e José Luiz “Cachorrão” Teixeira estão na briga pelo título da competição. Além deles, Bruno Corano e Maycon Zandavalli também prometem vir forte na briga pela vitória. Este ano, o TNT SBK foi composto de oito etapas, nos autódromos de Interlagos, Jacarepaguá, autódromo internacional de Curitiba e Velopark, na grande Porto Alegre.

Reunindo os carros dos sonhos com as motos mais velozes e os melhores pilotos de motovelocidade no Brasil, a competição rapidamente se tornou o campeonato mais importante da modalidade no país. Com estrutura diferenciada, grande público e muita mídia, atraiu todos os grandes pilotos.

“Estávamos conversando com a organização do autódromo e o pessoal disse que o SBK Series, em seu ano de estreia, já é o terceiro maior evento do autódromo. Em apenas um ano, já superamos eventos que são realizados há muito tempo”, comentou Aline Duda, gerente de eventos da Brandworks, empresa responsável pela organização do evento.

Dentro das pistas, a competição bateu recorde no número de inscritos e revelou grandes talentos para a motovelocidade nacional, como Maycon Zandavalli, Diego Pretel e Heber Pedrosa. Com o intuito de promover o crescimento do esporte no Brasil, o SBK tem trazido um número cada vez maior de adeptos para as pistas.

“A cada etapa, chegam mais pilotos e os que estão competindo desde o início do ano se aproximam dos líderes. No começo da temporada, a diferença entre o pelotão da frente e do fundo era infinitamente maior do que nestas últimas provas”, comenta Bruno Corano, um dos principais pilotos da competição.

Fora das pistas, o crescimento também empolgou os pilotos. A definição de um calendário antecipado, a maciça divulgação, a estrutura médica e organizacional apresentadas pelo SBK Series chamou a atenção de todos.

“Finalmente, temos a sensação de que estamos com uma organização profissional nos eventos. Este ano tivemos uma exposição de mídia recorde, com corridas ao vivo na TV e vimos que o esporte está realmente evoluindo”, afirmou Murilo Colatreli, líder da competição.

Para esta última etapa, a estrutura promete ser ainda maior. Como a etapa acontece junto com o Mundial de GT1, a expectativa é de que a competição tenha recorde de público e organização de padrão internacional.

“Nada melhor para nós finalizarmos o TNT SBK do que uma prova de padrão internacional. A parceria com a Itaipava GT este ano foi sensacional e esta etapa tem tudo para coroar a competição com chave de ouro. Será uma prova inédita para o motociclismo nacional”, analisou Corano.