joh2

Tour Interativo Crosser coloca pequena trail da Yamaha à prova

joh

Tour rodou 2.449 km

O Tour Interativo Crosser 2016 chegou ao seu destino, Porto Jofre (MT), no fim da estrada Transpantaneira. Ao total foram 2.449 quilômetros superados com seis modelos Crosser 2017, pilotadas por Jorge Negretti (lenda do motocross e freestyle), Lawrence Wahba (explorador e documentarista de vida selvagem), Glauber Leite (autor da “Jornada 9 de julho”, onde percorreu 45 mil quilômetros por 7 países com uma Yamaha Ténéré 250), Teo Mascarenhas (“O Estado de Minas” e “Vrumm”), Eliana Malizia (site “Acelerada” e revista “Playboy”) e Tiago Toricelli (Yamaha Motor do Brasil).

A Crosser 2017 passou por vários tipos de terreno: zonas urbanas, estradas bem conservadas e outras precárias, trânsito pesado, e mesmo não sendo uma motocicleta voltada exclusivamente para o uso off-road, superou trechos de terra, areia, pedras soltas e lama – situações de uso extremo, com facilidade.

joh2

Destino: Pantanal

As motocicletas utilizadas no Tour não receberam nenhuma preparação e rodaram como quando saem das concessionárias. Os seis exploradores conheceram e vivenciaram experiências ao longo do caminho. Em Campo Grande (MS), visitaram o cativeiro onde estão os peixes que serão expostos no futuro Aquário do Pantanal, ainda em estruturação. Em Alcinópolis (MS), o Tour registrou a primeira passagem de motocicletas por uma estrada de terra e areia que liga a cidade até a entrada do Parque Natural Municipal Tempo dos Pilares, e pôde conhecer um dos maiores parques do País quando o assunto é arte rupestre. Por lá, estão registros de mais de 10 mil anos, em desenhos e entalhes nas pedras, além da beleza exuberante de toda a região.

joh5

A Crosser passou por todo tipo de terreno

A travessia da Transpantaneira, com 140 quilômetros de desafios, exigiu habilidade dos participantes. A chuva na região complicou a vida dos pilotos, como se não bastassem as dificuldades previstas, como pedras soltas, terra, cascalhos e pontes de madeira que exigiram cuidado redobrado, a lama foi um elemento surpresa.

joh3

Expedição passou por paisagens deslumbrantes

Além do objetivo de chegar ao Pantanal, a segunda meta do Tour Interativo Crosser, era a observação das onças pintadas selvagens em seu habitat natural. O Tour pôde acompanhar momentos da vida de um dos animais mais lindos do mundo, sem interferir direta ou indiretamente no seu cotidiano selvagem, percorrendo os rios em barcos.

joh6

Tour foi um sucesso!

A observação e divulgação das onças pintadas tem como intenção ampliar a importância da conservação da espécie e a conscientização da preservação do maior felino das Américas. Além das experiências proporcionadas aos pilotos, os momentos da viagem foram compartilhados com os internautas, através de um site exclusivamente desenhado para isso, onde era possível visualizar em tempo real o percurso a ser percorrido, distâncias e toda a interação mantida através de redes sociais dos participantes e das transmissões ao vivo.

Fonte: Yamaha / Fotos: Johanes Duarte

Separador_motos

 



Jan Terwak

Publicitário, curte motos desde que se conhece como gente, é piloto de motocross, enduro, cross-country e trilhas. Empresta sua experiência no off-road para as avaliações de motos no Motonline.