Trânsito de Santo André(SP) vai monitorar, a partir de junho, velocidade de veículos em avenidas

A partir de 1§ de junho serÆo instalados nas avenidas Ramiro Colleoni e Queir¢s dos Santos novos equipamentos redutores de velocidade.

Os limites de velocidade nos locais serÆo de 50 km e 60 km, respectivamente. E no in¡cio de julho os equipamentos deverÆo ser instalados na avenida CapitÆo M rio Toledo de Camargo.

Na avenida Ramiro Colleoni, no Centro, o equipamento ser  instalado pr¢ximo … al‡a de acesso da avenida Portugal, e o limite de velocidade para os ve¡culos ser  de 50 km. Na avenida Queir¢s dos Santos, no bairro Casa Branca, com limite de velocidade em 60 km, o equipamento ser  instalado nos n£meros 1235 e 1422, no sentido centro/bairro da avenida. E na avenida M rio Toledo de Camargo com a rua do Amaro, no Jardim do Est dio o equipamento regulamentar  a velocidade em 60 km.

O departamento de Trƒnsito e Circula‡Æo (DTC) instalou nas duas avenidas faixas com aviso sobre a instala‡Æo dos equipamentos para os motoristas que por ali trafegam. “O DTC instala esses equipamentos nas vias com o objetivo de diminuir o excesso de velocidade dos ve¡culos e reduzir os n£meros de acidentes nas avenidas”, informa Carlos Ant“nio Denipotti, gerente de Opera‡Æo e Fiscaliza‡Æo de Trƒnsito do DTC.

Levantamento do DTC de 2003 e 2004 registra a quantidade de acidentes ocorridos nos locais aonde serÆo instalados os redutores de velocidade. Na av. Ramiro Colleoni ocorreram em 2003, 5 acidentes sem v¡timas e 33 com v¡timas. Em 2004 foram 61 acidentes sem, 11 com v¡timas e trˆs atropelamentos.

Na av. Queir¢s dos Santos aconteceram 21 acidentes sem, sete com v¡timas e um atropelamento em 2003. Em 2004 foram 27 acidentes sem v¡timas, seis com e dois atropelamentos.

E na av. Cap. M rio Toledo de Camargo com a rua do Amaro foram registrados 159 acidentes sem v¡timas, 93 com e oito atropelamentos. E em 2004 aconteceram 172 acidentes sem e 108 com v¡timas e aumento para quinze atropelamentos.

Os registros de 2005 ainda nÆo foram conclu¡dos.