Transportes vota debate sobre tragédias no trânsito

A ComissÆo de Via‡Æo e Transportes re£ne-se na pr¢xima quarta-feira (31) para votar seis proposi‡äes que estÆo na pauta.

Entre elas, o requerimento do deputado Beto Albuquerque (PSB-RS) que sugere a realiza‡Æo de audiˆncia p£blica para discutir as trag‚dias no trƒnsito, tema do Dia Mundial da Sa£de, marcado para 7 de abril. A id‚ia, segundo ele, ‚ que os parlamentares, entidades governamentais e nÆo-governamentais e outros convidados em geral possam manifestar suas opiniäes frente ao slogan proposto pela Organiza‡Æo Mundial da Sa£de (OMS) em 2004: “Seguran‡a no trƒnsito nÆo ‚ acidental”.

Mortes no trƒnsito
O deputado destaca que, de acordo com dados da OMS, a cada ano, cerca de 1,2 milhÆo de homens, mulheres e crian‡as em todo o mundo morrem em decorrˆncia dos acidentes de trƒnsito, e milhäes de sobreviventes tˆm que conviver com seqelas. “Al‚m da vulnerabilidade de pedestres, motociclistas, ciclistas e passageiros, existe o custo dos acidentes, que se estima entre 1% a 2% do PIB desses pa¡ses, representando uma perda de cerca de US$ 65 bilhäes por ano em todo o mundo”, afirma Beto Albuquerque.
Ele diz ainda que, no Brasil, uma pesquisa financiada pelo Denatran-Minist‚rio das Cidades e desenvolvida pelo Instituto de Pesquisa Econ“mica Aplicada (Ipea) chegou … estimativa de um custo anual de R$ 5,3 bilhäes para o conjunto de acidentes ocorridos em aglomera‡äes urbanas brasileiras. Albuquerque informa ainda que a perda com os acidentes no Brasil, apenas em  reas urbanas, representa cerca de 0,4% do Produto Interno Bruto (PIB) do Pa¡s.
“Por essas razäes, a data de 7 abril, Dia Mundial da Sa£de, cujo tema ‚ a seguran‡a no trƒnsito, nÆo pode passar em branco na Cƒmara dos Deputados. Cabe … ComissÆo de Via‡Æo e Transportes da Casa fazer uma reflexÆo sobre o assunto”, conclui o parlamentar.