Traxx Dunna 600: ela quer encarar o segmento das big trail

Traxx quer espaço maior no mercado brasileiro

 

Traxx Dunna 600: ela quer encarar o segmento das big trail

Traxx Dunna 600: ela quer encarar o segmento das big trail

A Traxx mostra no Salão Duas Rodas que quer conquistar espaço no mercado brasileiro. E não é apenas no segmento de ciclomotores, onde a empresa concentra 70% de suas vendas, mas em outros segmentos de mercado onde as grandes marcas brasileiras atuam. Com novo presidente, a empresa empreende uma “faxina” na linha de produtos e busca reestruturar a rede de concessionárias.

O estande da Traxx expõe um portfólio com 32 modelos do seu mix internacional de produtos. A principal novidade é a Dunna 600, uma moto que pretende concorrer no competitivo segmento das big trail, onde brigam Honda Transalp, BMW G 650 GS Yamaha XT 660 Ténéré. A Dunna é equipada com um motor de 590 cm³, que desenvolve 35,35 CV a 6.000 rpm e tem torque de 4,6 kgfm a 4.500 rpm. Monocilíndrico e refrigerado a água, com 4 válvulas e comando SOHC, o motor da Dunna é alimentado por injeção eletrônica e a moto tem câmbio de 5 marchas. A motocicleta é equipada com freios a disco nas duas rodas.

A outra novidade da Traxx é a trail de 150 cilindradas, Fly 150, que estará disponível nas revendas da marca  no segundo semestre de 2012. A Fly 150 tem injeção eletrônica e motor com potência declarada de 9.0 kW a 8500rpm e torque de 11.5N.m a 6500rpm. O modelo tem suspensão dianteira invertida, piscas em led, freio a disco ventilado e com pistão duplo nas duas rodas. Ainda vem com partida elétrica e a pedal. O preço ainda não está definido. “Queremos deixá-lo muito competitivo”, fala Airton Pinto, gerente de desenvolvimento de rede da Traxx.

Obs.: Para facilitar a discussão sobre esse assunto, criamos um tópico no fórum para os motonliners. Clique aqui para acessar o tópico.