Troféu Brasil de Veloterra foi um grande sucesso em São Roque!

Troféu Brasil de Veloterra foi um grande sucesso em São Roque!

Troféu Brasil de Veloterra foi um grande sucesso em São Roque!

Neste final de semana 19 e 20 de julho, o Ski Mountain Park em São Roque (SP), recebeu 189 inscritos para a disputa do Troféu Brasil de Veloterra, a modalidade que vem se tornando um sucesso no Estado de São Paulo, já é muito praticada no sul do país, os pilotos que estiveram na competição mostraram que aceleram forte no veloterra e empolgaram o grande público que esteve presente durante todo o final de semana. Abaixo você vai saber quem foram os grandes vencedores da competição.

VX3, os pilotos com mais de 35 anos mostraram que os anos não fazem diferença para quem gosta de acelerar, nesta categoria o grande piloto de enduro e Rally “Juca Bala” mostrou que esta completamente adaptado ao veloterra, fez o holeshot e liderou de ponta a ponta e saiu com o título da VX3, segundo lugar para Reinaldo Pinheiro o “Piu” e terceiro para Ranulfo Barriga, piloto de motocross que gostou muito do veloterra.

Nacional 250, Rafael Nunes foi o grande nome da 250, o piloto não largou bem mas logo assumiu a ponta, e não teve descanso, Alessandro Junior o perseguiu durante toda a prova, chegou a ultrapassar Rafael e assumiu a ponta por duas voltas, mas Rafael estava determinado e deu o troco e ficou com o título da categoria, Alessandro chegou em segundo e terceiro Rodrigo Oliveira.

Troféu Brasil de Veloterra foi um grande sucesso em São Roque!VX1 e VX 2 tempos, as categorias largaram juntas devido ao número reduzido de pilotos, na VX1 vitória para João Paulo Camargo o “JP”, piloto que estava afastado das pistas por problemas de saúde, mas pelo jeito já esta em forma, na 2 tempos vitória para Ranulfo Barriga a bordo da sua 250 Yamaha 2T.

Nacional 230, vitória para Marconi Magalhães, piloto local que vem crescendo muito nas competições, segundo para Rubens Barbosa “Binho” e terceiro para Ronaldo do Prado o “Ronã”.

VX2 começa ai uma das maiores disputas do dia, entre os pilotos Anderson Vaz o “Magrão” e Francisco Giannetti, Giannetti larga na frente faz o holeshot e lidera até a sétima volta, quando “Magrão” em uma manobra perfeita faz a ultrapassagem, Giannetti não desiste e parte novamente para cima, na última volta Giannetti tenta o bote, faz a curva por dentro Magrão vem por fora os dois se tocam, mas as coisas ficam melhor para Magrão, que segura firme a moto, Giannetti se desequilibra e cai, e volta logo para garantir a segunda posição, terceiro para Reinaldo Pinheiro.

Nacional Amador, o maior gate do Troféu Brasil de Veloterra, 32 pilotos alinham para a largada, foi um grande momento da competição, ver a largada deste número de pilotos, Rodrigo Oliveira faz o holeshot e se mantém na primeira posição até a quinta volta, quando é ultrapassado por Rafael de Oliveira o “Oreia”, detalhe apesar do sobrenome eles não são parentes, Rafael se mantém firme e conquista o título de campeão da sua categoria, Rodrigo termina na segunda e Diego Souza em terceiro.

VX Open “a revanche”, quem larga muito bem e faz o holeshot é Daniel Vergueiro, mas logo é ultrapassado por “JP” Camargo, que traz junto com ele Juca Bala, Magrão e Giannetti, começa ai a se desenhar a revanche da VX2, JP segura a ponta até a oitava volta, quando os quatro estão andando todos juntos e pegam os retardatários, Giannetti com uma tocada incrível faz a ultrapassagem nos três e assume a primeira posição, Magrão que também vinha acelerando forte fica com a segunda e parte para cima de Giannetti, quando Magrão começa a colar, escorrega em uma curva e cai, vitória para Francisco Giannetti, segundo para Juca Bala, terceiro para JP Camargo e Magrão ainda se recupera e fica na quarta posição.

Nacional Open, Rodrigo Oliveira faz mais um holeshot, mas não resiste à pressão de Willian Vaz, que assume a primeira posição e se distancia de forma impressionante até a bandeirada final, segundo para Yuri Barioni, que andou forte e terceiro para Marcone Magalhães.
Taça Cidade, como sempre em São Roque motociclismo off-road tem que ter categoria cidade, os pilotos adoram fazer aquele pega entre eles para o tira teima municipal, no veloterra foram 22 a alinhar no gate, quem fez bonito foi Rafael Oliveira “o Oreia”, que venceu de ponta a ponta, segundo para Franco Buzzone e terceiro para Ronaldo do Prado o “Rona”.

O Troféu Brasil de Veloterra já em sua primeira edição mostrou que é um sucesso, a LIVRE BRASIL (entidade desportiva que assina a competição) demonstrou interesse pela categoria e em breve anunciará a edição 2009, para que todos comecem seus treinamentos para esta grande prova do veloterra nacional.

O Troféu Brasil de Veloterra teve o patrocínio do Ski Mountain Park, o apoio da Prefeitura Municipal de São Roque e Radio Transcontinental FM, colaboração de Panini Sports, Asfaltozero, Adrenatrilha e Rigol Competições, a cobertura de Motox, Radicalcross e Revista Pró Moto, a organização da Extreme Racing e a supervisão da LIVRE BRASIL.