Turismo- Governo promete 10 ferrovias turísticas para 2004

O governo quer os trens de passageiros de volta nas ferrovias brasileiras; com pouco dinheiro em caixa, mas disposto a colaborar para que prefeituras, organiza‡äes nÆo-governamentais e a iniciativa privada assumam a empreitada, o Minist‚rio dos Transportes promete o lan‡amento em 2004 de dez linhas regulares tur¡sticas, em SÆo Paulo, Rio, Minas, Rio Grande do Sul e Paran .

Em consulta pela internet, o minist‚rio levantou interessados em operar 79 trechos pelo sistema de outorga. Os operadores usarÆo partes de linhas j  existentes. De acordo com o diretor de Rela‡äes Institucionais do minist‚rio, Afonso Carneiro Filho, os dez trechos inicialmente selecionados tˆm negocia‡äes bastante avan‡adas. Cinco poderÆo ser operados at‚ mar‡o; outros quatro at‚ junho; e o d‚cimo, at‚ setembro. A id‚ia ‚ aproveitar o potencial tur¡stico, a exemplo do que ocorre na linha Curitiba-Paranagu /PR.

Entre os cinco primeiros trechos est  o de Jacare¡-Mogi das Cruzes, em SÆo Paulo, passando por Guararema. Os demais trechos prometidos pelo Minist‚rio dos Transportes para funcionar at‚ mar‡o de 2004 sÆo: Varginha-Trˆs Cora‡äes, em Minas; Morretes-Siqueira Campos-Api£na, no Paran ; Rio Pardo-Cachoeira do Sul, no Rio Grande do Sul; e Passa Quatro-SÆo Louren‡o, em Minas. Dos quatro anunciados para o segundo trimestre, todos ficam em Minas, embora um ligue esse Estado ao Rio. SÆo eles: Belo Horizonte-Rio Acima; Barra Mansa/RJ-RibeirÆo Vermelho; Ouro Preto-Mariana; e Belo Horizonte-Brumadinho. O d‚cimo trecho, prometido para o terceiro trimestre, fica no Rio, na linha Barra Mansa-L¡dice-Angra dos Reis.

Para tornar vi veis os investimentos de terceiros, o governo federal planeja investir em obras complementares ou de acesso …s ferrovias, mas o maior montante ter  de ser desembolsado pelos interessados na concessÆo. Com R$ 2,3 bilhäes previstos na proposta or‡ament ria para 2004, o Minist‚rio dos Transportes depende de recursos privados para que o projeto prossiga.