Felipe Zanol da especial em homenagem aos 20 anos do Rally dos Sertões

Últimas do Sertões – 26/08

Felipe Zanol em dia de prova com lindas imagens e muita areia

Felipe Zanol em dia de prova com lindas imagens e muita areia

Neste domingo (26), aconteceu a etapa considerada mais difícil dos Sertões. A prova saiu de Bom Jesus, Piauí, com destino a Petrolina, Pernambuco, e o trecho especial homenageou os 20 anos do rali. A largada aconteceu às 7 horas.

Devido a algumas dificuldades do percurso, que tinha trechos estreitos com subidas e  ainda 120 quilômetros interruptos de areia, foi uma etapa muito difícil, que impôs vários problemas para os pilotos completarem o percurso.

Juca Bala, Ike Klaumann e Francisco Oliveira viram suas motos pararem no meio da trilha, após panes mecânicas, e abandonaram a especial. Já Glauco Guimarães sofreu uma queda, sem gravidades, e não concluiu a etapa.

Antes da metade do trecho, Felipe Zanol reduziu a diferença do tempo de largada em relação a Dario Julio e seguiu na liderança por pouco mais de dois minutos. O piloto cruzou a linha de chegada com 4h27m40s, abrindo uma vantagem confortável de 11 minutos na classificação geral. Nielsen Bueno chegou em segundo, seguido de Dário Júlio.

“Foi uma prova fantástica. Passamos por lugares muito bonitos no começo que tinham canyons e a estrada os cortava. A especial foi tranquila, viemos bem mais devagar com bastante segurança para não cair e estragar nada na moto”, contou Dário Júlio.

Restam apenas dois dias para cruzar a linha de chegada em Fortaleza (CE), e nesta segunda-feira a caravana segue com direção a Iguatu (CE). Os competidores terão pela frente mais 560 km – apenas 143 de especial.

Fonte: Webventure
Foto da home: Marcelo Maragni/Red Bull Content Pool
Foto da matéria: Theo Ribeiro/ Fotoarena

 

JEAN AZEVEDO CONTA COMO QUEBROU A COSTELA NA SÉTIMA ETAPA

O piloto Jean Azevedo foi uma das vítimas da segunda etapa maratona do Rally dos Sertões, quando os participantes precisavam completar a etapa sem auxílio externo. Contudo, não foi sua moto que sucumbiu à prova de resistência, mas o próprio competidor, que fraturou uma costela em queda durante a especial, que o obrigou a abandonar a competição.

Pedra escondida na poeira tirou Jean Azevedo da competição

Pedra escondida na poeira tirou Jean Azevedo da competição

Jean sofreu o acidente no meio do trecho cronometrado, em uma área coberta por fesh fesh, uma poeira fina que lembra talco e esconde a real característica do terreno, além de aumentar a instabilidade. Para as motos esse tipo de piso é dos mais perigosos, pois qualquer pedra ou buraco pode se tornar uma armadilha.

“Eu estava andando, de repente a moto me ejetou. Quando eu caí, já percebi que [a costela] estava doendo, e na hora de levantar a moto senti bastante, mas ainda continuei um pouco”, contou o piloto. Poucos quilômetros depois, Jean encontrou um membro da equipe médica, que o aconselhou a parar de correr, pelo risco de perfurar um pulmão.
Fonte: Pedro Sibahi/Webventure – Foto: Theo Ribeiro/Fotoarena

 

PROVA DE UTVs CONTINUA “QUENTE”: MAIS UM UTV PEGA FOGO

O UTV da dupla André Suguita e João Henrique Arena pegou fogo logo após a largada. Ambos passam bem.
Fonte: Fanni Duarte/Webventure

 

RESULTADOS DO DIA E ACUMULADO

Fonte: Webventure

 

PROGRAMAÇÃO DE DOMINGO (26/08)

Oitava etapa
Bom Jesus (PI) – Petrolina (PE)
Deslocamento Inicial: 3 km
Trecho de Especial: 335 km
Deslocamento Final: 289 km
TOTAL: 627 km

A especial deste domingo (26) foi em homenagem aos 20 anos do Sertões. Apontada como a mais dura, técnica e completa até agora. A pista já começou travada, passando por fazendas e entrando em uma área incrível de cânions e para complicar ainda mais, foram 120 km de areia.
Fonte: Webventure

Fonte: Webventure

Fonte: Webventure