AlfaRomeo_destaque_23_03

Um grande achado de 84 anos

Para um maníaco por carros antigos, um grande clássico. Para um alfista, um milagre. Um Alfa Romeo esporte-competição super-comprimido, que venceu Le Mans quatro vezes e as Mille Miglia três vezes, foi comprado por um pai rico como presente de 21 anos para seu filho em 1937.

alfa1O carro, com número de motor 2211079, foi encarroçado por Figoni, o único chassi curto a receber uma carroçaria francesa para esse modelo. O comprador foi um certo senhor Weinberg que o usou duas vezes seguidas no rali Paris-Nice.

De acordo com os registros franceses, o carro foi vendido ao Conde François de Bremond, que o usou na subida de montanha Grossglockner em 1935, chegando em quinto. Dois anos mais tarde Luigi Chinetti, então um vendedor de automóveis especiais em Paris o comprou (posteriormente tornou-se o primeiro revendedor Ferrari nos Estados Unidos).

alfa2Durante a Segunda Grande Guerra, o carro foi escondido dos alemães e posteriormente colocado numa garage em Paris. Depois¸ foi entregue ao especialista britânico Blakeney Motorsport por um ano e meio, quando foi modificado nos sistemas de combustível, freios, direção, sistema elétrico etc. O jovem dono, agora já pertíssimo dos 100 anos de idade, colocou-o à venda pelo especialista Simon Moore, que pode ser contatado pelo endereço simon.f.moore@btintemet.cm

JLVbg_topo


José Luiz Vieira, Diretor, engenheiro automotivo e jornalista. Foi editor do caderno de veículos do jornal O Estado de S. Paulo; dirigiu durante oito anos a revista Motor3, atuou como consultor de empresas como a Translor e Scania. É editor do site: www.techtalk.com.br e www.classiccars.com.br; diretor de redação da revista Carga & Transporte.