triumph-street-cup-9

Café racer no Brasil: Triumph anuncia nova Street Cup

Construída a partir da Street Twin, a inglesa Triumph desenvolveu seu novo modelo, a Street Cup. Em estilo café racer, e com uma série de alterações em relação ao seu modelo base, a moto chega para reforçar a consagrada linha de motos clássicas da marca (que já conta com Street Twin, Thruxton R, Bonneville T120 e Bonneville T120 Black) e prometendo uma experiência de pilotagem única, que remete à Europa dos anos 60 e suas corridas de rua. O evento de divulgação aconteceu nesta semana.

Estilo clássico em cada detalhe. Esta é a nova Triumph Street Cup

Estilo clássico em cada detalhe. Esta é a nova Triumph Street Cup

O visual é, sem dúvidas, o grande diferencial da moto. A nova Street Cup conta com o tradicional perfil da Bonneville combinado com linhas limpas, carroceria minimalista, carenagem menor e acabamentos modernos de alta qualidade, incluindo rodas fundidas com faixas decorativas, tampa do motor preta com o emblema Triumph, corpo do acelerador único e com acabamento em alumínio, tubulação com “catalisador oculto”, cabeçotes escovados, para-brisa com combinação de cores e gráficos, assento tipo concha “bullet” com capa monoposto removível inspirada no estilo café racer e com o corpo pintado com numeração, espelhos retrovisores do tipo ponta de guidão (“end bar”) com suporte… dentre vários outros pequenos detalhes que a fazem uma moto única. Tal exclusividade tem um preço a altura, claro: R$ 41.990,00.

Triumph Street Cup: espírito de café racer

Segundo a marca, o novo modelo foi desenvolvido para proporcionar uma ergonomia mais dinâmica e esportiva. Para isso, o piloto senta numa posição mais alta e posterior, com o guidão mais baixo e levemente mais à frente, o que proporciona uma posição de pilotagem mais engajada, aumentando o controle de condução. O guidão rebaixado, no estilo “ace”, e as novas suspensões traseiras mais longas (embora ainda com os mesmos 120 mm de curso traseiro da Street Twin) deixaram a traseira mais alta, aumentando o ângulo de inclinação dianteiro.

Moto é baseada na Street Twin (ao fundo)

Moto é baseada na Street Twin (ao fundo)

O motor é o novo Bonneville de 900 cc, com um aumento de 18% no torque máximo e 22% mais potência no intervalo médio em relação ao motor da geração anterior. Em números, isso significa que o propulsor de dois cilindros paralelos e intervalo de ignição de 270° gera 55 cv de potência máxima, a 5.900 rpm, e excitantes 8,15 kgf.m de torque, disponíveis já aos 3.200 rpm. A resposta de aceleração foi melhorada através da injeção de combustível gerenciada pelo acelerador eletrônico Triumph e um sistema de refrigeração líquido, cuidadosamente integrado ao estilo da Street Cup. O câmbio é de cinco velocidades.

Uma Bonneville com cara e alma de café racer

Uma Bonneville com cara e alma de café racer

A nova moto clássica da Triumhp também conta com freios ABS, controle de tração comutável, embreagem com controle de torque (que proporciona um toque mais suave da embreagem, tornando a pilotagem mais fácil por longos períodos) e o acelerador eletrônico Ride-By-Wire (mais facilidade de condução a partir de um único corpo de acelerador). O painel de instrumentos inclui computador de bordo, mostradores com diversas funcionalidades (indicador de posição de marcha, odômetro, configuração de passeio a dois, indicador de manutenção, autonomia residual, nível de combustível no tanque,  consumo médio e atual de combustível, relógio e ajustes do controle de tração) e um menu digital para fácil controle da motocicleta durante a pilotagem.

Uma moto clássica para uso urbano

A principal proposta de uso do modelo está voltada ao urbano, mas com uma pegada de esportividade. A Triumph afirma que projetou a Street Cup “para proporcionar toda a atitude, personalidade, presença e estilo personalizado das motocicletas café racer para os pilotos atuais”. Para tal, além dos já citados detalhes visuais, motor melhorado e posição de pilotagem mais agressiva, a marca também dedicou atenção a outro item essencial nas motos clássicas: o escapamento. Mais curtos e leves, os novos escapamentos duplos e elevados da moto contam com área central com cobertura em preto (“Satin Black”) e com ponteira em aço inoxidável, produzindo um som rico, denso e cheio.

Nova Triumph no Brasil

Mercado no Brasil

Modelo

Preço público sugerido

Triumph Street Twin R$ 41.990,00
Ducati Scrambler Enduro R$ 41.900,00
Ducati Urban Enduro R$ 41.900,00
Ducati Full Throttle R$ 41.900,00
Harley-Davidson Iron 883 R$ 40.500,00
Ducati Icon R$ 38.900,00
Triumph Street Twin R$ 36.500,00

Fortalecer sua presença no Brasil – o que inclui o lançamento de modelos internacionais – é uma estratégia clara da Triumph, até porque, segundo a própria marca, hoje o quinto maior mercado de atuação dela no mundo é o nosso. Por aqui, a Street Cup terá algumas concorrentes próximas, de propostas e faixas de preço próximos.

Ficha Técnica – Triumph Street Cup

Motor

Tipo Arrefecido a líquido, 8 válvulas, SOHC, motor duplo paralelo com virabrequim de 270°
Cilindrada 900 cc
Diâmetro do Diâmetro x Curso 84.6 mm x 80 mm
Exaustão Sistema de escapamento escovado 2 em 2 com silenciadores duplos
Potência máxima 55 cv @ 5900 rpm
Torque máximo 80Nm @ 3230 rpm
Capacidade de óleo 3,8 L
Alimentação Injeção eletrônica multiponto sequencial

Transmissão

Marchas 5 marchas
Transmissão Final Corrente
Embreagem Discos múltiplos, banhada a óleo

Chassi

Quadro Berço de aço tubular
Braço oscilante Bilateral, aço tubular
Roda dianteira Liga de alumínio fundido, 10 raios, 18 x 2.75 polegadas
Roda traseira Liga de alumínio fundido, 10 raios, 17 x 4.25 polegadas
Pneu dianteiro 100/90-18
Pneu traseiro 150/70 R17
Suspensão dianteira Garfo Kayaba 41 mm, curso de 120 mm
Suspensão traseira “Twin shock” Kayaba com ajuste de pré-carga, curso de 120 mm
Freio dianteiro Disco único de 310 mm, pinça flutuante Nissin de 2 pistões, ABS
Freio traseiro Disco único de 255 mm, pinça flutuante Nissin de 2 pistões, ABS

Painel de Instrumentos

Funções Pacote de instrumentos multifuncional com velocímetro analógico, tacômetro analógico, indicador de posição de marcha, medidor de combustível, autonomia, indicador de serviço, relógio, computador de bordo, preparação para manoplas aquecidas, consumo de combustível e mostrador de status do controle de tração.
Outras funções e benefícios Freios ABS, Controle de Tração, Ride-by-wire, Imobilizador, entrada USB e luz traseira em LED como itens de série.

Dimensões e capacidades

Tanque de combustível 12 L
Comprimento 2.090 mm
Largura 740 mm
Altura (sem espelhos retrovisores) 1.105 mm
Altura do assento 780 mm
Distância entre eixos 1.435 mm
Peso Seco 200 Kg
Rake/Trail 24,3°/97,3 mm

Separador_motos



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.