Bandit_1994

Pequena história de uma bandida de 23 anos

Bandit 400 de 1989: a primeira versão que teve origem na linha GS

Bandit 400 de 1989: a primeira versão que teve origem na linha GS

As primeiras Suzuki Bandit foram produzidas em 1989. A série Bandit foi criada para substituir a série GS, que foi encerrada em 1987. A série GS tinha sido responsável pela popularização das motos japonesas nos Estados Unidos, e a Bandit foi projetada para dar continuidade a reputação das GS.

Os modelos iniciais da Bandit tinham apenas duas versões: a GSF250 e a GSF400. Estes motores produziam 45hp e 59 hp, respectivamente, e todos refrigerados a água. Eram oriundos da antiga linha GS, porém, a série Bandit nem de longe lembrava a antiga série GS – com chassi em aço e quadro treliço, além de freios a disco, ela era uma nova motocicleta.

Bandit 1250 2012: evolução que começou em 2007

Bandit 1250 2012: evolução que começou em 2007

Todas as versões da Bandit possuíam um motor de 4 cilindros em linha com 16 válvulas e duplo comando no cabeçote (DOHC). As GSF250 e GSF400, foram nomeadas em referência a sua cilindrada.

Os primeiros modelos, tipo o 250cc e 400cc eram refrigerados a água. As versões posteriores da Bandit usavam o “Suzuki Advanced Cooling System”, que combina o arrefecimento a ar e de óleo.

Em 2007 nasce o modelo 1250cc que chega muito parecido com a Bandit 650. A nova Bandit 1250S (semi-carenada. N-Naked) tem um motor refrigerado a água especialmente concebido para a Bandit. O motor a ar anterior de 1157 cc arrefecido a óleo não cumpria as normas de emissões Euro 3.

A GSF 250 de 1989: o consumidor pediu mais motor

A GSF 250 de 1989: o consumidor pediu mais motor

O novo motor de 1255 cc produz cavalos de potência praticamente idênticos e os mesmos valores de binário como o velho motor refrigerado a ar. Uma grande diferença está no RPM de torque máximo (com apenas 3750). Esse torque é enviado para uma nova transmissão de seis velocidades. Também estava disponível com o 1250SA a versão equipada com ABS a qual, até esta data, não está disponível no Brasil.

Em 2009 os modelos dos cilindros são revestidas com o “Suzuki Composite Electrochemical Material”, e um eixo de balanceador secundário.

A Suzuki Bandit 125o 2012 é uma motocicleta  que sucedeu o modelo Bandit 1200N. No Brasil ela tem refrigeração líquida e injeção eletrônica. O câmbio tem seis velocidades e desenvolve 98 cv de potência máxima a 7.500 RPM. O torque máximo é de 11,01 kgf.m. a 3.700 RPM. Peso seco: 222 kg. Peso em ordem de marcha (*MVOM) algo em torno de 247 kg. Existe também a versão semi-carenada batizada de Bandit 1250S.

GS 500, modelo ainda muito procurado

GS 500, modelo ainda muito procurado

Esta jovem senhorita de 23 anos de idade mostra que ainda é muito forte e versátil. Uma moto com cara de street, perfil de turismo e DNA de esportiva. Tudo isso é a Bandit. O que sempre escuto é que a Bandit é um projeto antigo, pesado, ultrapassado etc. Mas a Bandit pode até ser tudo isso, porém, continua encantando quem as pilota. Ela ainda é apaixonante e a que tem um dos motores mais confiáveis e a melhor relação custo-benefício.



Motociclista desde os 18 anos. Jornalista e apaixonado por motos desde que nasceu.