Foto: V-Strom, ainda na espera

V-Strom, capacete, injeção, peso, pilotos, etc

Foto: V-Strom, ainda na espera

Foto: V-Strom, ainda na espera

fala ae tite,gostei da materia da varadeiro, do teste comparativo rd e cbx 750.quando sera que voces traram o teste da v-storm para o site? ah,eu tambem gostaria de saber sobre a diferen‡a do motor dois e quatro tempos.eu estou guardando dinheiro para quando eu ter 18 anos comprar a minha sete galo.
Luiz – Sorocaba-SP

R: O teste da V-Strom est  na fila de espera. A diferen‡a entre motor dois e quatro tempos j  foi explicado no Motonline, use a ferramenta de busca.

Capacete
Tite,seria muito bom se fosse publicado no site uma materia explicando sobre as novas regras para o uso do capacete.Eu tinha uma duvida sobre a validade dos capacetes mais consegui um parecer no cetran de SC sobre a validade.Segue o link onde encontra-se o parecer: http://www.cetran.sc.gov.br/pareceres/parecer039.htm
Ruy – Curitiba, Pr

R: J  publicamos algumas dezenas de mensagens a esse respeito!

Inje‡Æo
Tem-se falado muito na inje‡Æo eletr“nica em motos principalmente pela YAMAHA ter adotado esse sistema em algumas de suas motos e se a Honda vai aderir e quando. Pois bem, eu ouvi dizer que a Honda tem a patente da inje‡Æo eletr“nica. Isso ‚ verdade? Quem inventou esse sistema? Onde e quem usou pela 1-¦ vez?
Leandro – Juiz d eFora

R: NÆo existe patente de inje‡Æo eletr“nica. Esse sistema ‚ mais antigo que vc imagina! Todas as marcas tˆm um sistema pr¢prio de inje‡Æo.

Peso
Tite, de que forma um contra peso de guidÆo consegue reduzir a sensa‡Æo de vibra‡Æo em uma moto ? E mais uma ideia sobre o teste de capacetes. se nao da pra fazer um teste de impacto, fa‡am um teste de conforto, ruido, ventila‡Æo, essas coisas.
Lucas – Jundiai

R: Os contra-pesos simulam um guidÆo maior, o que o otrna mais “leve” nas manobras em baixa velocidade (quanto maior a alavanca menor a for‡a). Al‚m disso, o contra-peso funciona como um “filtro” das vibra‡äes baixas porque enrijece as pontas do guidÆo, bem onde a gente bota a mÆo.

Pilotos
ai pessoal aprecio o site e sugiro mais historias relacionadas a pilotos e mundo motociclismo em geral,sem mais agrade‡o de antemao .
Lucas – londrina-pr

R: Viu, Pedro Mello, pode escrever mais!

Indignado
Tite tudo bom? Gostaria de relatar um fato ocorrido dia 22/08 que me deixou muito revoltado: Estava eu trafegando na estrada que liga Barbacena sentido SÆo JoÆo del Rei e me deparei com uma equipe do DNIT todos uniformizados fazendo a limpeza no acostamento da pista. S¢ que ao inv‚s da famosa “capina”, os elementos estavam literalmente ateando fogo no mato. Ai eu te pergunto: Aqui nesta porcaria que chamam de pa¡s nÆo existe homens de saco roxo nÆo? Fico muito revoltado pois se virar um incˆndio de grande propor‡Æo nÆo vÆo conseguir controlar mesmo. E as nossas florestas e animais, talvez num futuro pr¢ximo nÆo vamos tˆ-los como prazer de apreci -los em nossas viagens.
Ronaldo – Sao Joao del Rei – MG

R: Por favor, s¢ nÆo deixe queimar o Garden Hill Resort porque adoro esse hotel!

Tite, Acompanho sempre este site,as vezes mando alguma critica ou sugestÆo,vejo os participantes sempre  vidos de novidade,grandes lan‡amentos da linha 2008,todos sonhando com motos i.e., flex,disco na traseira,carenagens legais etc, etc e tal.mas estou aderindo ao movimento do “cansei”.Os fabricantes lan‡am motos “maravilhosas”,mais entre R$25.000 e R$100.000.Se nÆo estou maluco,eles imaginam que aqui ‚ um pa¡s de 1§ mundo e na Europa,e nÆo uma Öndia,como vc mesmo diz.Ser  que ningu‚m enxerga o grande buraco de mercado na faixa de R$10.000 a R$20.000? Atualmente,prefiro ficar navegando no “motoclassica70″ e vendo os bons tempos onde quase sem tecnologia, tinhamos motos 350 cc bicilindricas que alca‡avam bons 160km/h,permitiam velocidade de cruzeiro de 120km/h e eram economicas.Cansei,como nÆo posso comprar uma moto decente 0 km nessa faixa,vou usar meu rico $$$ para comprar uma 750 usada.
Nonato – Paulista/PE

Pneu
Doctor Tite, gostei muito do livro, realmente vocˆ acaba dando um jeito de sempre “curtir” os momentos em cima, do lado ou em baixo da moto hehehehehhe. Demais o teste com a Honda Varadero! Ainda chego l ! Por hora tenho uma d£vida, se puderem me aconselhar, agrade‡o. Tenho uma XT 660 e qdo for trocar o pneu traseiro gostaria de colocar um com a medida 140. Ser  que esta “pequena” modifica‡Æo causa algum problema na moto? sei que sempre devemos observar as especifica‡äes t‚cnicas do fabricante, mas um pneu um pouco mais largo daria um visual mais arrojado, entÆo, posso fazer esta mudan‡a ou nÆo? Quais as implica‡äes de um pneu com essa medida na XT660?
Kenzo – Patos de Minas/MG

R: Trocar pneu s¢ por causa do visual ‚ uma tremenda frescura! Vai gastar mais gasolina, fazer menos curva e ainda frear pior!

Bandit
Quando ser  lan‡ada no Brasil a Suzuki Bandit 650N com arrefecimento a  gua e inje‡Æo eletronica?
Luiz – Belo Horizonte/MG

R: Ah, j  experimentou perguntar pra Suzuki?

Entrevista
turma por mais absurdo e incrivel que seja, eu vi a pe‡a mais rara que forma as motos:eu viiiiiiiiiiiii, o grande mago tite , na maior pose de artista, no jornal da band,dia 21/8 sendo entrevistado a respeito de um assunto que ele detesta : motos.mister m, apare‡a mais, saia da toca, porque vc e unico neste assunto de 2 rodas. seja mais visto.
paul – teofilo otoni, mg

Bengala
A tabela de manuten‡Æo da moto CG 150 da Honda, precisamente no Manual do Propriet rio nÆo especifica com que freqˆncia deve ser efetuada a troca do ¢leo das bengalas. Entrei em contato com a revendedora da Honda onde comprei a minha moto e nÆo obtive resposta satisfat¢ria. Gostaria que MOTONLINE respondesse o per¡odo de troca de ¢leo das bengalas da CG 150.
Whedna – Olinda, Pe

R: Pode ser a cada 10.000 km.

Cerol
Opa tite, 1§ parabens pelo site, leio faz uns 2 anos e digo que ‚ uma fonte inigual vel de informa‡Æo sobre motos. Mas ‚ o seguinte, acabei de tirar uma bros ks novinha, e hoje fui dar umas voltas por ae pra curtir a moto nova e por sorte minha cabe‡a est  no lugar em que deveria! pois passando perto de um parque, relativamente devagar me deparei com um dos maiores medos dos motociclistas(eu axo), a po*** do cerol! quando vi ja estava na frente da viseira, s¢ deu tempo de levar as mÆos ao pesco‡o e tenta tirar o fio, que por sorte s¢ estava “caindo”, provavelmente tinha acabado de arrebentar, o que mesmo assim rendeu a duas marcas no pesco‡o, nada de cortes s¢ arranhou mesmo, fora o susto e a vontade de desintegrar a piazada (que apesar de tudo, penso que nÆo tem culpa), o que mais me revolta ‚ a falta de responsabilidades dos pais, porque elas nÆo tem a menor ideia das consequˆncias que essa “brincadeira” pode acabar trazendo, bom pelo jeito nem os pais! Fora isso a moto ainda est  s¢ com 100 km, amacianto ainda de boa sem for‡ar mas sem muita frescura tambem. Queria saber o seguinte, segundo a honda o amaciamento vai at‚ os 1000km, mas antes disso daria pra pegar a estrada? paranagua-curitiba da uns 100km, quais seriam as recomenda‡äes?
Antonelli – paranagua, Pr

R: Caraca, que susto! Leia tudo sobre amaciamento na se‡Æo t‚cnica.