Valentino Rossi na Ducati

Valentino Rossi na Ducati

Valentino Rossi na Ducati

Valentino Rossi será anunciado como piloto da Ducati no Grande Prêmio da República Checa, dia 16 de agosto.

Será a prova sequente do GP deLaguna Seca, nos EUA, o que indicaria um acordo entre a Yamaha, Ducati e o piloto, para não fazê-lo nos EUA, grande mercado da Yamaha. Seria uma gentil troca, pois a contrapatida seria o supercameão começar a teinar com as Ducati logo após a última prova do mundial, dia 7 de novembro em Valência, na Espanha, liberado então dos compromissos contratuais que o prenderiam até o final do ano.

As interpretações, como esta do jornal Gazzetta dello Sport, vêm se confirmando, entre outros fatos pelo anúncio, ontem, que seu engenheiro Jeremy Burgees voltará para a Honda em 2011, com Casey Stoner. O salário de Valetino seria de 12 milhões de euros por ano, com a promessa de um lugar técnico na equipe quando parar de correr. O dinheiro e o fato de perder diante de Jorge Lorenzo a condição de primeiro piloto da Yamaha teriam motivado adecisão de saída. Perguntado a respeito, Valentino disse que talvez seja sua idade, porque começa a próxima temporadaco 32 anos. Uma alfinetada, em meio às cortesias no mundo dos negócios da MotoGP, onde il dottore faz a diferença. Sua presença, comenta-se, significa um milhão a mais de torcedores em frente às tevês nos dias de prova.

Classificação do mundial de MotoGP
1º Jorge Lorenzo (ESP) 185
2º Daniel Pedrosa (ESP) 138
3º Andrea Dovizioso (ITA) 102
4º Casey Stoner (AUS) 83
5º Nicky Hayden (EUA) 78
6º Valentino Rossi (ITA) 74
7º Randy de Puniet (FRA) 69
8º Ben Spies (EUA) 67
9º Marco Simoncelli (ITA) 49
10º Marco Melandri (ITA) 45