Vamos fazer nossa parte

As motos estÆo na mira dos ¢rgÆos fiscalizadores da qualidade do ar, sob argumenta‡Æo de serem muito poluentes, vamos contribuir para literalmente limpar esta imagem com medidas bem simples. A primeira delas ‚ manter o motor sempre regulado, com filtro de ar limpo e troca peri¢dica das velas.

A inje‡Æo eletr“nica e os catalisadores ainda nÆo chegaram em larga escala nas motos. Estas duas tecnologias permitiram que os n¡veis de emissäes no carros reduzissem muito nos £ltimos 20 anos, a ponto de sa¡rem da lista de principais viläes da qualidade do ar. Hoje, as queimadas sÆo as maiores respons veis pela emissÆo de carbonetos na atmosfera. Nas motos a tecnologia anti-polui‡Æo est  mais direcionada aos modelos grandes e caros. Para compensar este atraso tecnol¢gico, temos de nos comprometer com a sociedade e respeitar pequenas atitudes.

Por incr¡vel que pare‡a as motos de 125 e 150 cm3 sÆo mais poluentes do que um carro de 1.000 cm3. As f bricas estÆo investindo para reduzir os ¡ndices e j  fala cada vez mais na inje‡Æo eletr“nica equipando as motos pequenas. Infelizmente o maior problema est  no usu rio e nÆo nos fabricantes.  comum ver motos 125 com an‚is do pistÆo tÆo desgastados que expelem uma imensa fuma‡a pelo escapamento. Chega a ser mais intensa do que as das motos com motor dois tempos. Uma ret¡fica de cilindro, com troca de pistäes e an‚is custa por volta de R$ 300 em uma boa oficina, mas mesmo assim o usu rio continua rodando, queimando ¢leo junto com a gasolina como se sua moto fosse dois tempos. Por‚m, esta emissÆo‚ a mais prejudicial, pois o ¢leo nÆo foi projetado para ser queimado e, muito menos, ter seus res¡duos liberados pelo escape.

Uma forma f cil de ajudar a reduzir os n¡veis de oz“nio na atmosfera ‚ mudar o h bito de abastecimento. Nos dias quentes, o tanque de gasolina das motos se aquece, formando vapores. Ao abri-lo para abastecimento, os vapores sÆo liberados e contribuem para a forma‡Æo do oz“nio. Basta deixar para asbatecer … noite, quando a temperatura ‚ menor e este efeito muito reduzido.

O filtro de ar deve ser limpo ou trocado periodicamente, principalmente nos per¡odos de seca, quando o ac£mulo de material particulado em suspensÆo ‚ maior. O filtro sujo enriquece a mistura ar-gasolina e parte desta queima vai para a atmosfera. O mesmo vale para as velas de igni‡Æo, que depois de muito gastas perdem capacidade de queimar a mistura, tamb‚m liberando mais poluentes. Outra atitude f cil ‚ escolher combust¡vel de boa qualidade, cuja queima ‚ mais eficiente, portanto mais limpo. SÆo medidas simples que, no todo, contribuem para um ar mais respir vel, principalmente nos per¡odos de grande estiagem.