Varejo online movimenta R$ 350 mi no trimestre

Tradicionalmente mais fracas no in¡cio do ano, as vendas do com‚rcio eletr“nico nÆo seguiram o padrÆo desta vez, surpreendendo os analistas com um crescimento acima do esperado.

Entre janeiro e mar‡o, as lojas on-line movimentaram 350 milhäes de reais, um resultado 46% superior ao do ano passado. O n£mero de pedidos aumentou 34%. Pelos dois crit‚rios, a e-bit, empresa de pesquisa e marketing respons vel pelos dados, esperava inicialmente um crescimento de 30%.

O desempenho inesperado se deve a dois fatores, diz Pedro Guasti, diretor geral da e-bit. O primeiro, de car ter quantitativo, ‚ o aumento do n£mero de pessoas que compram na internet, o que ajudou a elevar o volume de pedidos. Entre dezembro e mar‡o, o n£mero de consumidores aumentou de 2,5 milhäes para 2,6 milhäes de pessoas. Em mar‡o do ano passado, eles eram 1,960 milhÆo. O crit‚rio leva em considera‡Æo usu rios que j  compraram pelo menos uma vez na internet, desde janeiro de 2000, quando a e-bit come‡ou a fazer a pesquisa.

A mudan‡a mais significativa, por‚m, ‚ qualitativa. Depois de passar anos comprando principalmente produtos baratos, como livros e CDs, o usu rio de internet parece ter ganhado confian‡a suficiente para passar a adquirir itens com pre‡os mais altos.