Foto: Brasileiros comparam o roteiro com o Rally dos Sertões

Velocidade marca a primeira etapa do Dakar na América do Sul

Foto: Brasileiros comparam o roteiro com o Rally dos Sertões

Foto: Brasileiros comparam o roteiro com o Rally dos Sertões

Velocidade marca a primeira etapa do Dakar na América do Sul

O primeiro dia do Rally Dakar 2009, entre as cidades argentinas de Buenos Aires e Santa Rosa, contou com um trecho cronometrado de 371 quilômetros marcado por pistas retas e muito rápidas. “Posso até arriscar e dizer que hoje lembrou muito o cerrado goiano, por ser um terreno bem plano e rápido, com curvas de 90 graus”, enfatizou André Azevedo, piloto do caminhão Tatra da Equipe Petrobras Lubrax. O peso-pesado, que conta ainda com o navegador Maykel Justo e o tcheco Mira Martinec, ficou entre os dez primeiros do dia, na oitava colocação.

“Sem dúvida, a etapa de hoje foi um excelente trabalho em equipe, pois o Mira controlava a velocidade – e assim o aquecimento do motor – e o Maykel teve que redobrar a atenção para ‘cantar’ os caminhos e situações de perigo. Para se ter uma idéia vimos alguns carros quase dentro das árvores por conta de terem batido de frente e em alta velocidade após as curvas”, enfatizou André.

Nos Carros, a dupla do Mitsubishi Pajero Full, Jean Azevedo e Youssef Haddad, teve problemas com a barra estabilizadora traseira. Ela quebrou e depois de algum tempo cortou o flexível do freio. Dessa maneira, o carro fez mais da metade da etapa sem o freio nas rodas traseiras. “Além disso, perdemos um pouco a estabilidade do carro por conta da quebra dessa barra. Mas mesmo assim conseguimos manter uma boa velocidade para garantir a 18ª posição na classificação geral dos carros”, explicou o piloto Jean Azevedo.

Foto: Miran Stanovnik, vencedor desta etapa com KTM

Foto: Miran Stanovnik, vencedor desta etapa com KTM

Rodolpho Mattheis, que pilota a KTM 450 da Equipe Petrobras Lubrax, fez o 21º melhor tempo entre as motos inscritas na categoria Marathon. “Como não posso fazer muitas modificações durante a competição por conta das regras da minha categoria, achei melhor poupar a motocicleta. Minha média de velocidade foi de 130km/h. E também fiquei contente em ver que não tive nenhum problema com os pneus já que muitos pilotos eram obrigados a parar por conta de furos”, ressaltou após chegar no acampamento deste sábado (03).

Torcida – Outro detalhe que chamou a atenção dos competidores foi a quantidade de público presente na etapa de hoje. “Fiquei empolgado em ver tantas pessoas nos acompanhando nos trechos cronometrados”, contou Rodolpho. Ontem, durante a Largada Promocional do Rally Dakar em Buenos Aires, capital argentina, a organização da prova divulgou a presença de 500 mil pessoas no local.

Confira abaixo os resultados na classificação geral de hoje do Rally Dakar 2009:

Motos – 1º Miran Stanovnik (KTM) – 3h10min59s;
2º Frans Verhoeven (KTM) – 3h12min31s;
3º Jonah Street (KTM) – 3h12min39s;
60º (e 21º na categoria Marathon) Rodolpho Mattheis (KTM) – 3h46min34s.

Carros – 1º Nasser Al Attiyah/Tina Thorner (BMW) – 2h36min15s;
2º Carlos Sainz/Michel Perin (Volkswagen) – 2h38min32s;
3º Giniel De Villiers/Von Zitzewitz (Volkswagen) – 2h38min55s
18º Jean Azevedo/Youssef Haddad (Mitsubishi) – 2h52min03s.

Caminhões – 1º Van Vliet/ Vaanholt, Van Veenendaal (Ginaf) – 3h15min07s;
2º De Rooy/ Colsoul/Van Melis (Ginaf) – 3h15min09s;
3º Mardeev / Mizyukaev / Mardev (kamaz) – 3h15min29s;
8º Azevedo/Justo/Martinec (Tatra) – 3h18min50s.

Veja como será a etapa de amanhã, domingo (04):
Especial: 237 km
Deslocamento: 600 km
Total do dia: 837 km
Características: A etapa mais longa do rali não será necessariamente a mais difícil. Entretanto, os competidores deverão redobrar a atenção: a primeira parte do dia é formada por pistas rápidas e o restante terá um pouco de areia. Etapa complicada para navegadores para que não “andem em círculos”.

A Equipe Petrobras Lubrax tem patrocínio da Petrobras, Mitsubishi Motors do Brasil, Pirelli, e apoio da Mercedes-Benz Caminhões, CCR/Nova Dutra, Renov, BorgWarner, Kaerre, Capacetes Bieffe, Sparco América Latina, Artfix, Motorola e TIM.