Foto: Instala‡äes da Honda

Vendas de motos devem ultrapassar dois milhões em 2008, prevê Fenabrave

Foto: Instala‡äes da Honda

Foto: Instala‡äes da Honda

At‚ novembro deste ano foram emplacados 1 542 504 ve¡culos de duas rodas – crescimento de quase 34% em rela‡Æo a 2006.

Baseado no bom desempenho do setor automotivo neste ano, a Federa‡Æo Nacional da Distribui‡Æo dos Ve¡culos Automotores (Fenabrave) divulgou a previsÆo de vendas para o pr¢ximo ano.

De acordo com a consultoria econ“mica da entidade, todo o setor deve crescer 20,85% em 2008, somando mais de cinco milhäes de unidades vendidas. O aumento nas vendas deve acontecer em todos os segmentos – de autom¢veis a m quinas agr¡colas. Por‚m o segmento de motocicletas deve liderar esse crescimento com um aumento de 23,54% nas vendas, ultrapassando a barreira das duas milhäes de unidades emplacadas no Pa¡s em 2008. Marca alcan‡ada pela primeira vez na hist¢ria do mercado de duas rodas.

Para S‚rgio Reze, presidente da Fenabrave, al‚m do bom desempenho do setor neste ano, o otimismo nas previsäes vem do fortalecimento da economia brasileira e tamb‚m dos recentes investimentos feitos pelas ind£strias. “Tivemos o problema na economia norte-americana h  90 dias e nÆo houve retra‡Æo na demanda interna. Os an£ncios dos investimentos das montadoras sinalizam que elas tamb‚m sÆo conscientes da necessidade de ter uma oferta condizente com o tamanho do nosso mercado, seja no ano que vem, seja daqui a cinco ou dez anos. Pois investimentos dessa natureza nunca sÆo feitos para uma previsÆo de um ou dois anos. Isso significa que elas acreditam no mercado brasileiro”, concluiu Reze.

Foto: S‚rgio Reze, presidente da Fenabrave

Foto: S‚rgio Reze, presidente da Fenabrave

Um mercado de 4,5 milhäes de motos
As motos, que representam 40.07% das vendas de ve¡culos entre janeiro e novembro deste ano, lideram o crescimento percentual. Nos onze meses de 2007 foram emplacadas 1.542.504 motocicletas – aumento de 33,36% se comparado ao mesmo per¡odo de 2006, quando as vendas chegaram a 1.156.644 unidades.
Com isso, a Fenabrave prevˆ fechar o ano com 1.706.806 motos vendidas no mercado interno. A cada ano o setor de duas rodas vem chamando mais a aten‡Æo dos analistas do mercado e tamb‚m da entidade, diz Reze. “Primeiro porque h  14 anos o segmento vem crescendo ininterruptamente. Al‚m disso, o autom¢vel mais vendido no Pa¡s soma 20 mil unidades por mˆs. J  a moto mais vendida (Honda CG 150) vende em m‚dia 40 mil unidades por mˆs, e a segunda mais vendida (Honda CG 125 Fan) vende 30 mil”, explica o presidente da Fenabrave. Ele ainda acrescenta que a base da pirƒmide social esta tendo acesso a um ve¡culo motorizado. “ o primeiro passo para comprar um autom¢vel no futuro”, esclarece.

A previsÆo do pr¢ximo ano de mais de 2.000.000 de motos vendidas, entretanto, nÆo significa uma satura‡Æo do mercado para a Fenabrave. Com base em pa¡ses com caracter¡sticas semelhantes ao Brasil, como a Öndia, Reze acredita que o mercado pode dobrar. “Podemos chegar tranquilamente a 4,5 milhäes de motos vendidas por ano”, prevˆ. Segundo ele, novos players no mercado, estÆo dinamizando o acesso … motocicleta. “Fala-se em 80 marcas de motocicletas no Pa¡s”.

PARTICIPA€ÇO DE MERCADO – acumulado at‚ nov/07 *
Honda 73,59%
Yamaha 13,12%
Suzuki 6,55%
Sundown 4,73%
Outros 2,02%
* Fonte dados de emplacamento: Renavam

RANKING EMPLACAMENTOS DE MOTOS – acumulado at‚ nov/07*
1§ Honda CG 150 405.847
2§ Honda CG 125 Fan 263.484
3§ Honda Biz 125 182.872
4§ Yamaha YBR 114.290
5§ Honda NXR 150 95.853
* Fonte dados de emplacamento: Renavam