Foto: Tite

Vi, pilotei e fotografei!

Foto: Tite

Foto: Tite

De uma forma muito misteriosa que nÆo posso revelar, tive acesso finalmente … Yamaha Fazer 250 para teste e se‡Æo de fotos. Foi uma enorme surpresa e devo agradecer a todos os leitores que me enviaram msgs sobre minha “bananice”. Primeiro a boa not¡cia: a moto ‚ boa pacas! A segunda boa not¡cia ‚ que a inje‡Æo eletr“nica realmente ‚ uma maravilha que veio para ficar e que danem os saudosistas e anacr“nicos que veneram os carburadores e seus malditos giclˆs.

Banco largo e em dois n¡veis tem boa ergonomia e densidade da espuma ‚ correta. A posi‡Æo de pilotagem nÆo foge do padrÆo de uma urbana com pretensäes esportivas: pedaleira recuada e guidÆo quase plano. Apertei a partida e o motor de exatos 249cc, com 21 cv a 7.500 rpm soltou um ronco silencioso. A concep‡Æo de duas v lvulas por cilindro resulta em um motor de pouca vibra‡Æo, com muita for‡a em baixa velocidade. O torque anunciado ‚ de 2,1 kgf.m a 6.500 rpm. Na pr tica este motor passou pelo teste Tio Tite de massacre mecƒnico, que consiste em engatar a £ltima marcha (5¦), deixar a rota‡Æo cair at‚ o motor implorar a redu‡Æo e depois abrir todo acelerador para analisar a retomada. Nos motores carburados esta resposta ‚ meio grosseira, “embaralhada”, mas a inje‡Æo Aisan tem a tal ECU (leitura eletr“nica) que faz uma varredura em10 pontos diferentes para comandar a entrada de mistura. O resultado disso ‚ que o motor cresce de giro sem engasgar nem apresentar “buracos” nas faixas intermedi rias de rota‡Æo. O segundo teste foi de velocidade m xima, mas com base apenas no veloc¡metro, e chegou a 141 km?h, segunda uma fonte segura, a velocidade real foi de 129 km/h, mas isso eu ainda vou averiguar quando receber a Fazer oficialmente.

Muito me impressionou a firmeza do conjunto de chassi. Trata-se de um ber‡o duplo de a‡o, com suspensÆo traseira Monocross. As rodas de liga leve de 17″ usam exatamente OS MESMOS pneus Pirelli da Twister e nÆo haveria de ser diferente. A £nica limita‡Æo em curvas sÆo os dois pinos colocados abaixo das pedaleiras para avisar ao man‚ que est  inclinando demais. No meu teste quase comi estes pininhos de tanto raspar.

Muita gente criticou o painel, mas eu gostei dele porque: tem marcador digital de gasolina; tem o tÆo desejado rel¢gio de horas; ‚ de f cil leitura; tem um aplique imitando a‡o escovado; ‚ eletr“nico e combina com o estilo da moto. Sobre pain‚is da Yamaha, um parˆntese: um leitor me perguntou dias atr s sobre a possibilidade de regular o motor da XT 660 pelo painel de cristal l¡quido. Sim, ‚ poss¡vel alterar alguns parƒmetros da inje‡Æo sem usar nenhuma ferramenta, apenas teclando uma seqˆncia de inputs, mas jurei de p‚s juntos … Yamaha nÆo revelar a seqˆncia porque poderia gerar uma fila de donos de XT 660 com a moto desregulada. Ali s esta tecnologia existe h  d‚cadas em carros e est  presente em todas as motos Yamaha com inje‡Æo eletr“nica. (Entenderam a indireta?).

O tanque de gasolina ‚ pequeno por fora mas grande por dentro. A capacidade ‚ de 19,2 litros (na Twister ‚ 16,5) e segundo meus amigos testadores, a m‚dia de consumo ficou em 22 km/litro com acelerador a pleno e 32 km/litro rodando na cidade. Estes dados eu terei de confirmar no MEU teste. Se estes n£meros se confirmarem a Yamaha ter  dado um passo muito importante para conquistar o mercado de 250, pq percebo que os consumidores brasileiros sÆo um bando de pÆes-duros que nÆo gostam de gastar um centavo a mais com gasolina. Ser  uma progressÆo natural para quem usa moto para trabalhar, pois vai reunir conforto, desempenho e economia.

Na parte est‚tica, gostei do conjunto traseiro, com piscas integrados, mas a al‡a de garupa ‚ feia demais! O farol tem lente lisa, com lƒmpadas 35w/35w e vou saber mais qdo pegar minhas estradas … noite. Tem gente que nÆo gosta das rodas de raios curvos. De fato, sÆo meio envelhecidas porque eram usadas nas Yamaha esportivas dos anos 80. Se eu comprasse uma Fazer pintaria imediatamente as rodas de prata ou grafite met licos com o aro laranja c¡trico.

Chega, senÆo o futuro teste fica sem gra‡a. E um recado aos meus novos brothers do TwisterOnline: podem ir reunindo a galera pq a motoca est  chegando, eu ligo qdo estiver na mÆo. As informa‡äes e fotos da Fazer estÆo no site oficial da Yamaha do Brasil: www.yamaha-motor.com.br