Projeto do novo Autódromo de Brasília apresentado à FIM em Silverstone

Vinda da MotoGP™ ao Brasil em 2014 já é quase certa

Uma comitiva brasileira viaja para a Silverstone, na Inglaterra, cidade sede da próxima etapa da MotoGP™, para participar de uma reunião neste domingo, 1 de setembro, com os presidentes da FIM – Federação Internacional de Motociclismo, Vito Ippolito, e da Dorna Sport, Carmelo Ezpeleta.

O objetivo do encontro é acertar os detalhes da realização de uma etapa do Mundial de Motovelocidade,MotoGP, em Brasília, em 2014. “Vamos nos reunir com eles para analisar as questões da etapa da MotoGP no Brasil. Já fizemos um primeiro contato e está bem encaminhado o processo”, explica Firmo Henrique Alves, presidente da CBM – Confederação Brasileira de Motociclismo.

A Comitiva é composta pelo governador Agnelo Queiroz e os secretários de Comunicação, Ugo Braga; de Esporte, Júlio Riberio; e de Assuntos Internacionais Odilon Frazão. Também estarão presentes o presidente da CBM, Firmo Alves, e o presidente da Federação de Motociclismo do DF (FMDF), Carlos Senise.

Na ocasião, será apresentado o projeto do Autódromo Internacional de Brasília. No projeto é possível ver todas as modificações previstas para transformá-lo no melhor circuito do Brasil. Para aprovação da FIM, serão analisados quesitos como o novo circuito, segurança, traçado e serão feitos testes que simulam acidentes em uma corrida virtual, como se fosse um vídeo game.

Projeto do novo Autódromo de Brasília que será apresentado à FIM em Silverstone

Projeto do novo Autódromo de Brasília que será apresentado à FIM em Silverstone

 

Segundo o presidente da FMDF, Senise, o Autódromo terá três circuitos, com dois boxes, sendo um internacional, que deverá ficar na Reta do Militar e outro na Curva do Sol, que poderão ser utilizados simultaneamente. O sentido dos circuitos serão anti-horários. A reta das atuais arquibancadas ficará no local dos antigos boxes que serão totalmente demolidos, para dar maior visibilidade às arquibancadas. Após o encontro com a Comissão a FIM definirá se o Autódromo poderá receber a Moto GP em 2014.

No dia 19 de agosto, o presidente da CBM, Firmo Henrique Alves, o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, e o presidente da FMDF, Carlos Senise, estiveram reunidos em Brasília com o CEO da Dorna Sports, Carmelo Ezpeleta, responsável pelo Grande Prêmio, que sinalizou favorável à realização da prova no Brasil na Temporada 2014.

A última prova do Mundial de Motovelocidade no Brasil foi em 2004, no extinto autódromo de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, onde foi construído o Parque Olímpico dos Jogos do Rio 2016. O país já havia sediado uma prova no circuito de Interlagos em 1992, além de três provas em Goiânia entre 1987 e 1989.