Volvo testa sistema que eleva a segurança dos pedestres

Volvo testa sistema que eleva a segurança dos pedestres

Volvo testa sistema que eleva a segurança dos pedestres

Referência mundial em segurança veicular, a Volvo Cars criou um novo desafio para o dummy, boneco utilizado na indústria automotiva nos testes de colisão.

Ao contrário dos bonecos convencionais, que são colocados no interior do veículo, Bob – nome que recebeu da fabricante sueca – é controlado por um guindaste que o faz atravessar a rua na frente de um carro em movimento. A ideia da Volvo é testar o dispositivo inédito de detecção de pedestres na pista, que será a principal novidade do novo sedã S60, previsto para chegar ao mercado mundial em 2010.

O mais novo sistema de segurança ativa da Volvo conta com radares e câmeras e freia o carro automaticamente na iminência de um atropelamento, mesmo que não haja qualquer reação por parte do motorista. Este dispositivo é apontado como uma evolução do City Safety, item de série do Volvo XC60 que aciona o freio automaticamente para evitar ou reduzir os efeitos de uma colisão com outro veículo em velocidade até 30 km/h.

-Nossa preocupação é que a nova tecnologia possa ajudar os motoristas a evitar colisões com pedestres em velocidades até 20 km/h. Se o carro estiver mais rápido que isso, a idéia é reduzir em cerca de 75% a força da colisão-, explica Thomas Broberg, especialista em Segurança da Volvo Cars.

Criado na década de 60, o dummy evoluiu ao longo dos anos e atualmente cada unidade custa cerca de US$ 200 mil. Eles podem ser encontrados em vários tamanhos e possuem especificações diferentes para serem submetidos a todos os tipos de colisão de trânsito. A Volvo conta atualmente com uma família de mais de 100 bonecos, divididos em 19 tipos diferentes, incluindo o simulador de um bebê de apenas três quilos.