Voz do Supertramp canta em São Paulo

Voz do Supertramp canta em São Paulo

Voz do Supertramp canta em São Paulo

São Paulo Moto Festival apresenta em setembro show de Roger Hodgson e banda em megaevento de motos e rock

Roger Hodgson, a legendária voz que tornou-se marca do Supertramp, está em contagem regressiva para voltar ao Brasil. Ele será a grande atração de 6 de setembro, sábado, no São Paulo Moto Festival, um megaevento de motos e rock no Autódromo de Interlagos.

Hodgson projetava inicialmente trazer para São Paulo o show de seu último DVD – em que ele faz apresentação sozinho no palco -, mas decidiu mudar a estratégia da apresentação depois de conhecer detalhes do evento e confirmou presença com toda banda. Ou seja, será uma apresentação ainda mais impressionante, um show inesquecível em um grande encontro recheado de boas atrações.

Além de Roger Hodgson, o festival terá shows com Alan Parsons Project, Titãs, Paralamas do Sucesso, Blitz, Syang, Mo ptop, Brothers Of Brazil e bandas cover com melhor dos clássicos do rock. Para fãs de motos, o festival terá a equipe OCC (conhecidos pelo programa American Chopper) e pela primeira vez no Brasil o designer de motos Russel Mitchell, criador de modelos que at5raem astros do cinema e música em Hollywood.

Reconhecido como um dos melhores compositores, cantores e letristas de seu tempo, já tinha a guitarra como companheira permanente desde o início da adolescência, quando começou a compor suas primeiras canções, eventualmente adicionando piano, baixo, baterias e até violoncelo em suas criações.

Pouco depois de deixar a escola fez sua primeira gravação: Mr Boyd, com a participação do pianista Red Dwight, que mais tarde seria conhecido como Elton John. Nesta época, Roger conheceu Rick Davies e formou o núcleo do Supertramp.

Desta parceria surgiu em 1969 o primeiro álbum, Supertramp. Roger tinha 19 anos. A banda vendeu mais de 60 milhões de discos e conquistou fãs em todo o mundo. São de Roger letras das mais consagradas, como “Give a Little Bit,” “The Logical Song,” “Dreamer,” “Take the Long Way Home,” “Breakfast In America,” “It’s Raining Again,” “School,” ou “Fools Overture”.

Roger deixaria o Supertramp em 1983 após lançamento do álbum “Famous Last Words”. Mas nem por isso deixou de produzir. Ainda em 1984 lançou “In the Eye of the Storm,” que atingiu 2 milhões de cópias. Em 1987, quando gravou o segundo disco solo, “Hai Hai”, sofreu queda que despedaçou seus dois pulsos. Médicos chegaram a dizer que ele nunca mais tocaria. Após um longo período de terapia, Roger provou que estavam errados.

“The Supertramp Antho logy”, em 2005, marca reencontro com grandes músicas e reconhecimento público, em dois CDs com antologia da banda. Também em 2005 Give a Little Bit, escrita em 1970, rendeu a Roger Hodgson um prêmio como uma das mais executadas músicas em todo o mundo. O músico doaria depois a música para financiar fundo de apoio a vítimas do tsnunami, do furacão Katrina e outras causas sociais.

Em 2006 Roger gravou seu primeiro DVD ao vivo no concerto “Take The Long Way Home – Live in Montreal”. O DVD tornou-se um sucesso mundial em 2007. Agora é a vez do público brasileiro reencontrar as canções, a voz e o carisma de Roger Hodgson. E o São Paulo Moto Festival é o lugar perfeito para o encontro.

Serviço:
São Paulo Moto Festival
Data: 5 e 6 de setembro das 11h às 2h
7 de setembro, das 10h às 20h
Local: Autódromo de Interlagos, São Paulo