Wellington Garcia, piloto Honda no Mundial de Motocross

Wellington Garcia sai da UTI

Wellington Garcia, piloto Honda no Mundial de Motocross

Wellington Garcia, piloto Honda no Mundial de Motocross

Sofia (Bulgária) – Wellington Garcia saiu nesta quinta-feira (28) da UTI do hospital militar de Sofia, capital da Bulgária. O brasileiro passou na última terça por mais uma cirurgia para conter um sangramento no estômago. Wellington ainda sente um pouco de dores, o que é natural, porém já está melhor. Ele sofreu uma queda durante treino para a etapa de abertura do Campeonato Mundial de Motocross, na Bulgária, no dia 9 de abril. Desde então, o piloto já fez três operações. Ainda em Gabrovo, a cerca de 20 quilômetros do local do evento, Wellington fez uma intervenção cirúrgica para deter hemorragia no baço. Depois, já em Sofia, extraiu o baço e também conteve lesão no pâncreas.

Em conversa por telefone para o site da Equipe Honda, o goiano disse que está com muitas saudades do Brasil, dos amigos, dos familiares, da comida e claro, de pilotar. “Meu pai, que está aqui comigo todos os dias, lê todas as mensagens que estão sendo publicadas no site. Isso me dá forças para encarar essas dificuldades e voltar logo para casa. Para passar o tempo fico segurando a mão do meu pai”, conta Wellington que passará mais alguns dias em observação devido às seis sondas que ainda estão implantadas na região do abdômen dele.

Para deixar uma mensagem para o Wellington, acesse o MURAL

Quem também deixou recados para Wellington foram os seus colegas da Equipe Honda Mobil. O atual campeão da Superliga Brasil de Motocross, na categoria MX Pró, João Paulino “Marronzinho”, tem pensado positivamente pelo amigo Wellington Garcia e espera que o companheiro volte logo para alegrar todos com o seu alto astral. “Eu gosto muito do Wellington. Ontem fui à missa rezar por ele. Acima de tudo ele é um amigo. Sempre foi uma pessoa alegre e contagia as pessoas que estão a sua volta.”

O vencedor da primeira bateria da MX Pró, da etapa de abertura da Superliga Brasil de Motocross, Leandro Silva, deixou seu recado ao companheiro. “Estou na torcida por ele. Torço para que o Wellington volte logo, pois está fazendo falta no gate.”

O paranaense Jean Ramos também não perdeu a oportunidade de enviar uma mensagem positiva ao piloto e aguarda a sua recuperação. “A gente sofre daqui também com o problema dele. Só tenho a enviar vibrações positivas a ele.”

Swian Zanoni, piloto que está representando o Brasil no Mundial de Motocross, também tem torcido muito pela recuperação de Wellington. “Desejo a ele toda a sorte do mundo. Tenho orado por ele todos os dias. Nossa amizade é pura e espero que ele volte a correr o quanto antes. O motocross brasileiro precisa dele.”