Foto: Wellington Garcia representa o Brasil na categoria MX1 do Motocross das Na‡äes

Wellington Garcia sofre queda no treino livre

Foto: Wellington Garcia representa o Brasil na categoria MX1 do Motocross das Na‡äes

Foto: Wellington Garcia representa o Brasil na categoria MX1 do Motocross das Na‡äes

Goiano foi socorrido pela equipe m‚dica, mas ainda est  na disputa do Motocross das Na‡äes, nos Estados Unidos

Maryland, Estados Unidos – O goiano Wellington Garcia deu um susto na delega‡Æo brasileira durante os treinos livres da MX1 do Motocross das Na‡äes, na manhÆ deste s bado na pista de Budds Creek, Maryland, Estados Unidos. Ele levou um tombo, ap¢s tentar emendar um triplo – o piloto j  havia acertado a manobra durante a sessÆo e fez o 17o melhor tempo.

Wellington foi socorrido pela equipe m‚dic a do evento, mas em seguida liberado para continuar na prova. Mesmo na maca, o piloto comemorava: “Somente eu e o Ricky Charmichael est vamos conseguindo emendar o triplo”. A aba do capacete do brasileiro quebrou em trˆs lugares, mas ser  reparada pela equipe de apoio.

Mais Brasil – Outros dois pilotos estiveram na pista para os treinos livres. Na Open, Ant“nio Jorge Balbi J£nior foi destaque com a d‚cima coloca‡Æo. J  na MX2, o paranaense Leandro Silva terminou em 18o.

O grande desafio da equipe nacional ser  na tarde deste s bado, com as baterias classificat¢rias, j  que o Brasil avan‡ou apenas em uma ocasiÆo para as finais, em 1999, por ser o pa¡s sede do evento e ter vaga garantida.

O evento re£ne 31 pa¡ses, sendo que o Brasil conta com o suporte t‚c nico da equipe Moto Triple X, contratada pela Honda do Brasil. O Motocross das Na‡äes premia a equipe que tiver o melhor desempenho coletivo. Os resultados sÆo a soma da performance dos trˆs pilotos representantes, com direito a um descarte.

Quem nÆo conseguir a vaga neste s bado ter  uma segunda chance na corrida marcada para domingo, chamada de “bateria B”, cujo primeiro colocado tamb‚m disputa as finais. Esta ‚ a sexta participa‡Æo brasileira no Na‡äes.