XT660R, CB450xGTR250, NEO115

XT660R, CB450xGTR250, NEO115

XT660R, CB450xGTR250, NEO115

Caro Tite, gostaria de solicitar uma reportagem ou matéria relacionada a um problema muito comum que esta acontecendo com as XT 660R de todo Brasil, Sou membro do Clube Xt 600 do Brasil onde temos por volta de 10,000 membros
3000 xt 660R. Um número enorme das mesmas estão com problemas no farol onde o mesmo derrete com o passar do tempo e consequentemente inutiliza o globo ótico da moto, já temos um abaixo assinado e estamos movendo uma ação contra a Yamaha que faz questão de ignorar o defeito nos faróis das XTs. Seria muito interessante termos a cobertura de publicações especializadas para de fato mostrar o que esta acontecendo. Temos muitas motos, relatos e faróis derretidos para provar o fato. Atenciosamente Felipe Candido – SJCampos -SP

R: Felipe o Tite não está mais conosco! Estou cuidando deste caso pessoalmente junto a Yamaha, já que a questão transcende questões meramente técnicas, atingindo em cheio as relações de consumo entre montadora e usuários. O problema está em análise e aguardemos um posicionamento oficial da Yamaha. Estamos de olho e cobrando.

Quero opinião sobre troca de uma CB 450 ano 86, impecável, por uma Kasinski Comet GTR250.
Será que acostumo com a diferença de potencia?Piloto desde os 20 anos, ja tive três CBs, e gosto da força do motor. Pego estrada toda semana com a moto; +/- 150 Km. O principal motivo, seria economia. Como é vista no mercado esta kasinsk, principalmente pelos ladrões. No aguardo. Mauricio Vieira – Santo André -SP

R: Maurício agradecemos a confiança, todavia, não podemos opinar sobre algo tão pessoal. São máquinas completamente diferentes. Pessoalmente, antes de optar por um compra, depois de andar na máquina, analiso o pós-vendas, questão de peças para reposição, preço de manutenção. O mercado de motos para ladrões depende da quantidade de pessoas carentes de cultura, para não mencionar outros adjetivos, que insistem em comprar peças de origem duvidosa. Hoje uma moto que não é visada, pode se tornar no dia seguinte, se houver a procura de uma única peça.

sds, comprei uma yamaha neo 115 o motociclo esta com 4 meses de uso e ja fiz as revisões de 1000 e 3000 km porem , com a estação chuvosa me apareceu um defeito nunca visto em outras motocicletas que tenho e tive esta infiltrando agua pela costura do banco , depois da moto seca ao sentar vaza agua e molha a calça , isso da nos nervos , a pergunta é, devo exigir um banco novo ? acho que nen venden a capa do banco , alguem poderia me orientar melhor ? gostaria de chegar a autorizada com maior embazamento , grato Fábio – Vitória – ES

R: Fábio faça contato com a concessionária, pois trata-se de peça com defeito que deve ser substituída pelo fabricante, com fundamento na Lei de Defesa e Proteção do Consumidor. Qualquer problema, nos contate que podemos intervir na questão junto ao fabricante.

Grande abraço a todos e não esqueçam: vai pilotar? Use equipamento.