YZF R6: boa moto, mas negócio arriscado

Yamaha R6 é um bom negócio?

Esta é a dúvida do Motonliner Cleidson, sobre uma moto não importada oficialmente para o Brasil. Acompanhe.

YZF R6: boa moto, mas negócio arriscado

YZF R6: boa moto, mas negócio arriscado

Estou pensando em adquirir uma motocicleta de 600cc e tenho muita preferência pela Yamaha YZF R6 pela sua esportividade e até mesmo para passeios curtos e de vez em quando ir ao trabalho. Mas essa é uma motocicleta importada de forma independente e gostaria que vocês me dessem alguma opinião quanto à assistência técnica desse modelo aqui no Brasil, se há dificuldade de encontrar peças no mercado e se o atendimento pós-venda pela própria Yamaha para esse modelo existe. E parabéns belo trabalho de esclarecimento do mundo duas rodas. Desde já, muito obrigado. Cleidson Rodrigues da Silva

Veja a resposta do editor.

A Yamaha R6 não é importada oficialmente e isso poderá trazer problemas para você na hora de encontrar assistência técnica e peças. Claro, o importador (não a Yamaha) poderá lhe oferecer alguma ajuda nesse sentido, mas o preço poderá ser alto e a demora para alguma solução poderá ser maior do que o normal. Porém, se esses riscos não representam um problema para você, como motocicleta de fato você terá uma superesportiva de primeira grandeza, que lhe trará grande prazer em pilotagem esportiva. Já para o uso urbano, não se trata da moto mais indicada. O mais importante é a sua satisfação. Lembre-se: o melhor negócio é aquele feito conscientemente e com segurança. O que pode parecer um mau negócio para outros, para você é a suprema realização de um sonho! Seja feliz com sua moto, qualquer que seja ela!