ljwky718qxsgimexxhqt

Yamaha vence em Suzuka e é tetra-campeã do Mundial de Endurance

A Yamaha mais uma vez escreveu uma linha na história do motociclismo mundial, ao vencer com sua equipe oficial pela terceira vez consecutiva a emblemática corrida 8 Horas de Suzuka – disputada no Japão. Com essa vitória, a equipe faturou o título de campeã do Mundial de Endurance pela quarta vez, competição que se destaca por exigir o máximo de pilotos e máquinas.

Depois de ser a mais rápida nos treinos e largar em primeiro, a Equipe Yamaha Factory Racing teve um início de prova difícil, com o piloto japonês Katsuyuki Nakasuga perdendo a liderança. Contudo, o herói local se recuperou e assumiu novamente a ponta após 16 voltas. Nakasuga manteve-se focado e imprimindo um forte ritmo até o fim de seu turno, quando passou a Yamaha YZF-R1 a seu companheiro de equipe Alex Lowes. O jovem britânico não só se manteve na ponta, como abriu uma boa vantagem com mais de 4 segundos sobre as equipes rivais.

O terceiro piloto a assumir o guidão foi Michael Van der Mark. A situação que já era favorável para o holandês, que pilotava determinado a aumentar a vantagem, ficou ainda tranquila quando a moto que ocupava a segunda posição sofreu um acidente que deu à equipe Yamaha uma vantagem ainda maior. A partir daí, o trio não foi incomodado na competição, mantendo um ritmo superior a ponto de marcar a volta mais rápida por duas vezes, 2:07.402 e depois com tempo de 2:06.932.

Ao cruzar a linha de chegada com uma volta de vantagem sobre os outros competidores, a YZF-R1 azul da equipe oficial Yamaha confirmou sua presença em mais uma página histórica em Suzuka. Nakasuga foi ovacionado pelos torcedores ao se tornar o primeiro piloto japonês a ganhar o Suzuka 8 Horas três vezes seguidas. Além de desafiadora, a prova válida pelo Campeonato Mundial de Endurance foi a última e decisiva etapa da temporada 2017.

Resultados: Suzuka 8 Hours Race

1 – Yamaha Factory Racing Team – Nakasuga/Lowes/VD Mark – 216 voltas.
2 – Kawasaki Team – Green – Watanabe/Haslam/Kamaruzaman – 216 voltas – Diferença: 2:09.52.
3 – F.C.C TSR Honda – Aegerter/De Puniet/Hook – 215 voltas – diferença: 1 volta.
4 – MuSASHi RT HARC – PRO Honda – Takahashi/Miller/Nakagami – 214 – Diferença: 2 voltas.
5 – YART Yamaha Official EWC Team – Parkes/Nozane/Fritz – 212 voltas – Diferença: 4 voltas.
6 – Honda Dream Racing – Koyama/Iwato/Yamaguchi – 212 voltas – Diferença: 4 voltas.
7 – Yoshimura Suzuki Motul Racing – Guintoli/Brookes/Tsuda – 212 voltas – Diferença: 4 voltas.
8 – Satu HATI Honda Team Asia – Pratama/Zaidi/Wilairot – 211 voltas – Diferença: 5 voltas.
9 – MotoMap SUPPLY FutureAcces – Waters/Aoki/Konno – 211 – Diferença: 5 voltas.
10 – Honda Dream RT SAKURAI – HONDA – Mizuno/O’Halloran/Stauffer – 211 voltas – Diferença: 5 voltas.
11 – GMT94 Yamaha Official EWC Team – Checa/Canepa/Di Meglio – 210 Voltas – Diferença: 6 voltas.

Separador_motos



Sidney Levy

Motociclista e jornalista paulistano, une na atividade profissional a paixão pelo mundo das motos e a larga experiência na indústria e na imprensa. Acredita que a moto é a cura para muitos males da sociedade moderna.