yamaha-r3-cup-yamalube-3

Yamalube R3 Cup bate recorde de pilotos no grid

Nada menos do que 37 pilotos alinharam no grid da Yamalube R3 Cup durante a prova de estreia da temporada 2018, realizada junto do SuperBike Brasil, no último final de semana. Além de encher os olhos de quem foi até o Autódromo Internacional de Interlagos e ser sinônimo de grandes disputas no traçado, o número foi suficiente para fazer da copa brasileira da Yamaha R3 a maior dentre todos os países em que a Yamaha a promove. Um recorde.

Responda rápido: quantas Yamaha R3 você vê nesta imagem? A resposta correta é 'o suficiente para fazer da Yamalube R3 a maior competição da categoria do mundo' - Foto: Felipe Moreira Films

Responda rápido: quantas Yamaha R3 você vê nesta imagem? A resposta correta é ‘o suficiente para fazer da Yamalube R3 a maior competição da categoria do mundo’ – Foto: Felipe Moreira Films

Na pista, disputas acirradas marcaram o desenrolar das 10 voltas disputadas. Após constantes mudanças de posição no pelotão que liderava a prova, o o fim da corrida não poderia ter sido diferente na divisão Pro: os pilotos chegaram tão próximos uns dos outros que os espectadores ficaram sem saber quem havia sido o vitorioso e precisaram da confirmação da organização da prova para ver quem recebeu a bandeirada em primeiro.

Grid lotado é garantia de grandes disputas em pista, que incentivam o maior comparecimento de público. Porém, para esta roda girar é preciso incentivo... e é aí que entra o programa Blu Cru da Yamaha. - Foto: Felipe Moreira Films

Grid lotado é garantia de grandes disputas em pista, que incentivam o maior comparecimento de público. Porém, para esta roda girar é preciso incentivo… e é aí que entra o programa Blu Cru da Yamaha. – Foto: Felipe Moreira Films

Logo, o nome de Enzo Valentim soou como vitorioso da prova, mérito de seu estilo de pilotagem e estratégia de usar o vácuo dos adversários a sua frente na reta final. Colado no líder, a segunda colocação ficou com Lincoln Melo, e a terceira com Matheus Barbosa. O quarto lugar foi conquistado por Bruno Cesar Borges, e o quinto por Kevin Fontainha, que cruzou a linha de chegada a apenas 133ms (milésimos de segundos) do vencedor. Na categoria Stock, o vencedor foi Kaywan Freire, seguido por David Gomide e por Felipe Macan. Humberto Turquinho e Rodrigo Gregório, o “Diguinho”, chegaram em quarto e quinto lugares respectivamente.

Pilotos da R3 Cup vão participar de treinamento com Rossi, na Itália

Campeão da R3 Cup no ano passado, Eliton Kawakami estreou com vitória na categoria SuperSport, com uma Yamaha R6, e irá à Itália

Campeão da R3 Cup no ano passado, Eliton Kawakami estreou com vitória na categoria SuperSport, com uma Yamaha R6, e irá à Itália

Mais do que dar um show de pilotagem, contornando a entrada da curva “S” do Senna de lado várias vezes e liderando a prova em muitos momentos, o piloto Bruno Cesar Borges chamou a atenção por outro motivo. Ele será um dos pilotos a representar o Brasil no VR 46 Master Camp, que acontecerá de 27 e 31 de julho. O evento é um treinamento destinado a jovens de talento promissor que ocorre no Rancho de Valentino Rossi, na Itália. Bruno foi escolhido pela Yamaha para participar da atividade graças ao seu ótimo desempenho na temporada 2017 da Yamalube R3 Cup, e estará ao lado de Eliton Kawakami (atual campeão da Yamalube R3 Cup) representando o País em solo italiano. Com o título de 2017, Eliton (irmão de Meikon Kawakami) avançou para a categoria SuperSport do SuperBike Brasil, onde representa a recém-criada equipe Yamaha Racing, e conquistou uma vitória já em sua primeira prova no novo desafio. Detalhe: ele conheceu a Yamaha R6 com a qual competiu apenas dois dias antes da prova.

Grid da R3 Cup lotado é resultado do Blu Cru, programa de fomento ao esporte da Yamaha

Em 2018, a Yamaha decidiu ser agressiva em sua missão de formar novos pilotos no Brasil, tanto dentro quanto fora do asfalto. Este ímpeto surgiu através do Programa Blue Cru, que explicamos aqui na ocasião de seu lançamento, em janeiro. Interessados em ingressar na motovelocidade, por exemplo, podem contar com importantes subsídios da marca, tanto na compra de peças de reposição (que têm descontos de 20% a 60% em relação ao preço público sugerido) para sua moto como na compra da própria motocicleta. Aos 40 primeiros participantes do programa, a Yamaha YZF R3 0km foi vendida ao preço de R$ 15.200,00 – um desconto de quase 35% no valor do bem.

Team PlayStation Yamaha é a equipe oficial da marca na R3 Cup, que conta com apoio de nomes como Alan Douglas e Rafael Paschoalin - foto: Alexandre Moreira

Team PlayStation Yamaha é a equipe oficial da marca na R3 Cup, que conta com apoio de nomes como Alan Douglas e Rafael Paschoalin – foto: Alexandre Moreira

Além desta facilidade na aquisição da moto e de peças, para quem quer ingressar e se manter na R3 Cup, a Yamaha vai investir nos talentos de sua equipe oficial na categoria, a Team PlayStation Yamaha Racing, e também dará um scooter NEO 125 0km aos campeões nas duas divisões da copa, Stock (onde a moto pode apenas receber escape esportivo) e Pro (que já inclui ajustes nas suspensões e outras pequenas configurações). A equipe oficial. Na equipe oficial, haverá atividades que desenvolvam o físico, o raciocínio e até mesmo o controle emocional dos jovens pilotos, lapidando-os para categorias superiores e até mesmo para campeonatos fora do Brasil. O time montado pela Yamaha contará com o acompanhamento técnico do ex-piloto e chefe de equipe Alan Douglas e do piloto oficial Yamaha Racing Rafael Paschoalin, que despensa apresentações – mas que, só para lembrar, obteve o segundo lugar na tradicional IPPHC (International Pikes Peak Hill Climb) no ano passado.

separador_yamaha



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.