factor-150-3

YBR Factor 150 2018 passa a contar com freios UBS

A exemplo do que já acontece com a Fazer 150 e o scooter NEO 125, a Yamaha YBR Factor 150 em sua versão 2018 também passa a com freios UBS (Unified Brake System). O sistema unifica a frenagem dianteira e traseira em apenas um movimento do piloto, o acionamento do pedal, distribuindo a força de frenagem entre o freio a disco dianteiro e o freio a tambor traseiro para uma frenagem mais eficiente. Além do UBS, a versão 2018 da Factor 150 também conta com novas cores e grafismos.

Yamaha YBR Factor 150 chega à sua versão com uma novidade: freios UBS, combinados

Yamaha YBR Factor 150 chega à sua versão com uma novidade: freios UBS, combinados

A moto é vendida nas concessionárias em dois modelos: Yamaha Factor 150 ED UBS, com partida elétrica, freio a disco na roda dianteira, UBS e rodas de liga-leve, oferecida pelo preço público sugerido de R$ 8.890,00 (sem frete); e Factor 150 E, esta com partida elétrica, freio dianteiro a tambor e rodas raiadas, vendida por R$ 7.990,00, sem frete. A nova cor do catálogo é a Vermelho Pepper, e as cores Preto Eclipse e Sports White foram mantidas no catálogo da marca.

Cor Vermelho Pepper é uma das novidades da versão 2018, que também traz novos grafismos

Cor Vermelho Pepper é uma das novidades da versão 2018, que também traz novos grafismos

“Mais que a eficiência da frenagem, a estabilidade neste momento crucial da pilotagem também se torna maior com o UBS. Isso porque a transferência de peso no momento de uma frenagem unificada é melhor distribuída, fazendo com que a motocicleta fique mais estável”, destaca a marca em nota, sobre o funcionamento do sistema unificado de freios. “Unificando os dois freios em um só movimento, a Yamaha pretende oferecer ao motociclista mais segurança – por isso a inclusão do UBS na Factor 150 ED – o objetivo é diminuir significativamente o tempo e espaço de frenagem em relação ao obstáculo ou ao desvio à frente”, frisou.

Mais sobre a nova Yamaha Factor 150 UBS

A linha YBR foi criada em 2000, desenvolvida exclusivamente para o Brasil e em pouco tempo passou a ser o modelo mais vendido da linha da Yamaha, posição que mantém até hoje. Mais tarde, no final de 2008, surgiu a YBR Factor 125 e em 2013 foi apresentada a segunda geração do produto, que trazia novo design, mais conforto e maior economia. Em 2015, foi lançada a YBR Factor 150, sendo o primeiro modelo da Yamaha a contar com 3 anos de garantia. Em 2016, a Factor 125 ressurgiu com injeção eletrônica, com a YBR Factor 125i, e agora o modelo também passa a contar com freios UBS.

Factor 150 2018 está disponível em duas versões: ED UBS, com preço de R$ 8.890,00; e E, vendida por R$ 7.990,00

Factor 150 2018 está disponível em duas versões: ED UBS, com preço de R$ 8.890,00; e E, vendida por R$ 7.990,00

O motor que equipa a Factor 150 é o mesmo que equipa a YS Fazer 150, da segunda geração BlueFlex, de 150cc, capaz de produzir até 12,2 cv, com gasolina, e 12,4 cv com etanol, na mesma faixa de giro máxima: 7.500 rpm. O torque máximo é de 1,3 kgf.m com gasolina e 1,3 kgf.m com etanol, disponível a 5.500 giros. É um propulsor monocilíndrico, com comando único no cabeçote (SOHC), pistão em alumínio, arrefecimento a ar, injeção eletrônica e tecnologia de fundição Cooper Grip, que colabora com a dissipação do calor do motor,melhorando a sua eficiência e performance. O tanque tem capacidade para 16 litros.

Para se tornar mais atrativa no segmento street, que mais vende motos no Brasil, a YBR Factor 150 UBS também aposta em outros elementos. O modelo conta com painel de instrumentos digital que fornece informações sobre indicador de marchas, relógio, hodômetro parcial e total e função fuel trip (que inicia uma contagem progressiva a partir do momento que o combustível do tanque da motocicleta entra na reserva). A moto também traz conta-giros sensoriado (que dados diretamente da ECU e dispensa o uso de cabo), lampejador de farol alto, disco de freio dianteiro de 245 mm e lanterna traseira bipartida. Assim como outros modelos da marca, a linha Factor está inclusa na Revisão Preço Fixo Yamaha, na qual a mão de obra é paga pela Yamaha nas duas primeiras revisões e o cliente já sabe quanto gastará em cada uma das revisões, desde a primeira até a sétima.

Separador_motos

Fonte: Yamaha



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.