cbm_zanol_arquivo

Zanol garante o hepta no Enduro FIM e fala em novidades sobre rally

O Campeonato Brasileiro de Enduro FIM em 2011 foi, sem dúvida, um dos mais disputados dos últimos anos, mas após a última etapa, disputada neste fim de semana em Patrocínio/MG, o título da categoria E1 não saiu das mãos do campeão da temporada anterior: o mineiro Felipe Zanol. O piloto da Gas Gas, aliás, venceu todas as últimas sete edições que participou desde 2003, ficando sem o título apenas em 2008 e 2009, quando conquistou o bicampeonato português da modalidade. O mineiro Nielsen Bueno terminou como vice-campeão e o paulista Julio César “Bissinho” Zavatti com o terceiro lugar.

– Estou muito feliz, mas muito mesmo. Apesar de ter sido um bom ano, acabei me machucando por duas vezes na temporada e mesmo perdendo uma etapa consegui o título nacional. A prova foi bem cansativa, com muita pedra e especiais muito bem feitas. Me diverti muito na corrida mas terminei cansado, pois queria muito vencer os dois dias. Ataquei bastante em todas as especiais sempre tentando fazer meu melhor. Graças a Deus deu certo e saio de Patrocínio feliz e contente pelo resultado – declarou Zanol.

Após tantos títulos no Enduro e duas passagens com bastante destaque no Rally dos Sertões, Zanol já fala em novidades para os próximos dias, envolvendo a “nova” modalidade.
– Agradeço muito à Gas Gas Racing team, meus patrocinadores ASW, Athena, Rinaldi, Mobil, DiaFrag, Ingá, Mrpro e BMT, também à minha esposa, meus pais, meu mecânico e todos que torceram por mim. O Enduro é minha modalidade e foi onde comecei nas motos. Com certeza é a modalidade onde me divirto mais e quero ficar mais alguns anos, mas 2012 será o ano do Zanol nos rallys. Nos próximos dias irão aparecer algumas novidades para e logo todos poderão ficarão sabendo – completou o campeão, deixando o suspense no ar.

Terceiro colocado na etapa de Patrocínio, Nielsen Bueno garantiu o vice-campeonato da categoria E1.

– Foi um ano muito bom, com o campeonato mas disputado que tivemos nos últimos anos. Venci etapas, pontuei em outras, mas não foi suficiente para levar o título. Só tenho que agradecer a Deus, minha familia e meus patrocinadores Suzuki, Mobil, Fox, Jet Fio, Tec Turbo, Alpinestars, Pirelli e Smith.

Além da vitória de Zanol, a etapa mineira foi vencida pelo gaúcho Gregório Caselani na categoria E2, por Thiago Carnio na E3a, Marcos dos Reis (E3b), Noé de Oliveira Junior (E4) e Danilo Costa (E5). Os demais títulos do Campeonato Brasileiro: Rômulo Bottrel (E2), Tiago Carnio (E3a), Sérgio Coelho (E3b), Luiz Felipe Claudino (E4) e Luciano Provin (E5).

Resultado da prova:

E1 = 1º – Felipe Zanol – 50 pontos
2º – Júlio C. Zavatti – 44
3º – Nielsen Bueno – 38
4º – Guilherme Camilo – 38
5º – Andre Barbosa – 31

E2 = 1º – Gregorio Caselani – 45 pontos
2º – Rigor Oliveira – 38
3º – Lucas Nunes – 38
4º – Ripi Oliveira – 34
5º – Cristiano Silveira – 31

E3a = 1º – Thiago Carnio – 50 pontos
2º – Halison Brito – 44
3º – Marcos Bettoni – 38
4º – Clericsom Alan – 38
5º – Leonardo de Sousa – 32

E3b = 1º – Marcos dos Reis – 50 pontos
2º – Geferson Ferreira – 42
3º – Sergio Coelho – 38
4º – Paulo Cardoso – 33
5º – Paulo Zenha – 22

E4 = 1º – Noé de Oliveira Junior – 50 pontos
2º – Luis Felipe Claudino – 38
3º – Renato Borges – 38
4º – Jerrely Ferreira – 38
5º – Fabio do Nascimento – 37

E5 = 1º – Danilo Costa – 50 pontos
2º – Gabriel Diniz – 44
3º – Phyero Neil – 40
4º – Celio Cardoso – 36
5º – Eduardo Arantes – 26

Classificação final
E1 = 1° – Felipe Zanol – 269 pontos
2° – Nielsen Bueno – 243
3° – Julio Cesar Zavatti – 239
4° – Jorge Schlickmann – 119
5° – Michel Cechet – 116

E2 = 1° – Rômulo Bottrel – 259 pontos
2° – Gregorio Caselani – 203
3° – Cristiano de Oliveira – 187
4° – Felipe Legarea – 128
5° – Eduardo Juttel – 69

E3a = 1° – Tiago Carnio – 269 pontos
2° – Marcos Betoni – 195
3° – Luciano Luiz Farias – 158
4° – Clodoaldo Shogi – 129
5° – Valmir Maison – 95

E3b = 1° – Sergio Coelho – 209 pontos
2° – Jesus Fernandes – 204
3° – Francisco de Lima – 109
4° – Marisérgio Kons – 84
5° – Amauri Dal Cortivo – 78

E4 = 1° – Luiz Felipe Claudino – 241 pontos
2° – Fabio do Nascimento – 214
3° – Deivid de Zorzi – 184
4° – Denilson Ferreira – 108
5° – Willian Massaruti – 94

E5 = 1° – Luciano Provin – 178 pontos
2° – Romulo Nora Chiarani – 95
3° – Rodrigo Randal – 78
4° – Vinicius Calafati – 75
5° – Marcio Bez – 65