Zanol Team Rinaldi ASW Honda apresenta formação 2016 - foto:  Tiago Show Radical

Zanol Team anuncia formação para 2016

No ideograma japonês, o desenho que significa “crise” é o mesmo que representa “oportunidade”. – “É hora de crescer”, explica Felipe Zanol. A lição foi dada nas trilhas e nos muitos anos de competições em Enduro, Cross Country e Rally. As provas mais difíceis são vencidas justamente nas etapas mais duras, quando um piloto deve reunir toda a sua experiência, determinação e treinamento para se impor diante das adversidades e de seus oponentes.

Zanol Team Rinaldi ASW Honda apresenta formação 2016 - foto:  Tiago Show Radical

Zanol Team Rinaldi ASW Honda apresenta formação 2016 – foto: Tiago Show Radical

Foi assim que Felipe Zanol construiu uma sólida e vitoriosa carreira de atleta, e é assim que está construindo uma nova como chefe de equipe. Quando muitos pararam para pensar no que fazer em um cenário tão adverso, Zanol resolveu não apenas manter a mesma formação do ano passado, como ainda decidiu crescer, trazendo para o time dois novos valores do Off Road nacional.

O Bi-Campeão Brasileiro de Enduro Rômulo Bottrel (E1), o Campeão Mineiro e da Copa EFX 2015 Vinicius Musa (Junior), o Campeão Brasileiro XC Júlio César (E2), o Campeão Brasileiro da E35 de 2015 Michel Cechet (E35) e o Bi-Campeão Brasileiro e da Copa EFX da categoria Nacional Bruno Martins (E1) terão a companhia de Tunico Miranda (E2) e Wanderson Andrade (Nacional) no Zanol Team Rinaldi ASW Honda. Um time vencedor e ainda mais reforçado, que começou os preparativos para a temporada 2016 no ano passado.

Devidamente apresentados para o meio e para a imprensa especializada durante a comemoração dos 30 anos da ASW em Mogi das Cruzes, SP, a equipe segue firme com os treinamentos e ajustes finais para o inicio da temporada, ainda este mês, com a abertura do Mineiro.

Felipe Zanol:

Felipe Zanol, consultor de rali e enduro da Honda

Felipe Zanol

“Ampliar a equipe em um cenário tão desafiador como este que estamos atravessando não é uma coisa normal para a maioria das pessoas, mas eu acredito justamente no contrário. Decidir crescer foi fácil, executar isso está sendo um desafio, como era de se esperar, mas acredito que é a decisão certa. As provas de Enduro e Rally me ensinaram que muitas vezes a vitória vem justamente das especiais mais difíceis, daquele dia de maratona quase intransponível. Já superei muitos desafios na vida e este é apenas mais um. A temporada passada, apesar das conquistas todas que tivemos, nos deixou uma mensagem muito forte. Dos cinco pilotos, três se lesionaram. Algumas foram mais importantes, como a do Julio e do Rômulo, que interromperam o ano, e a do Michel também, já que ele teve que operar o ombro após o final da temporada. É a nossa vida e isso serviu de lição para o time.

O importante para nós é que a temporada 2016 tem um significado forte de continuidade e de crescimento. O Rômulo e o Julio sofreram suas lesões quando lideravam e querem retomar o campeonato exatamente de onde pararam ano passado, liderando.

O Michel, Campeão Brasileiro da E35, também quis seguir com a gente e defender seu título. O Vinicius conseguiu a evolução que se esperava dele ao longo da temporada, venceu a Copa EFX e o Mineiro e quer brigar pelo título Nacional. Com o Bruno, chegou a hora de migrar de categoria, ele que monopolizou os últimos títulos da Nacional. Fizemos uma transição bastante planejada e ele certamente vai iniciar a temporada na E1 em alto nível.

A este grupo vencedor se juntam ainda Tunico Miranda (E2), grande piloto mineiro de motocross e com quem disputei muito em meus últimos anos como piloto e o jovem Wanderson Andrade (Nacional). Conheço bastante o Tunico e sei que ele terá uma adaptação rápida à modalidade. Por outro lado, é preciso deixa-lo bastante à vontade para entender o ritmo da prova e os desafios do Enduro, bem diferentes do motocross. Velocidade ele tem muita e estamos treinando com ele a nova rotina de entender as especiais e os deslocamentos pelas trilhas. Ele é um piloto experiente e também é um praticante do fora de estrada.

O Wanderson é a nossa renovação para equipe na categoria Nacional e terá como prioridade o Campeonato Mineiro de Enduro e da Copa EFX. Ele tem velocidade e uma enorme capacidade física, e um estilo de pilotagem agressivo que nos lembra muito a maneira do Julio de pilotar. Estamos começando a polir um pouco seu estilo. Assim como no ano passado, a temporada promete muitas disputas pela vitória em todas as categorias e na geral e pode ter certeza de que o Zanol Team Rinaldi ASW Honda estará lá.”

Os principais calendários já foram divulgados, mas que ainda carecem de confirmação em algumas datas ou locais.

Campeonato Brasileiro de Enduro FIM
06/03 – 1ª etapa – Caxias do Sul/RS
10/04 – 2ª etapa – Patrocínio/MG
29/05 – 3ª etapa – Biguaçu/SC
26/06 – 4ª etapa – Aracruz/ES
21/08 -5ª etapa – Nova Lima/MG
25/09 – 6ª etapa – a definir

Copa Brasil EFX
20/03 – 1ª Etapa EFX Brasil – Itupeva/SP
01/05 – 2ª Etapa EFX Brasil – a definir
19/06 – 3ª Etapa EFX Brasil – a definir
07/08 – 4ª Etapa EFX Brasil – a definir
23/10 – 5ª Etapa EFX Brasil – a definir

Separador_motos