ZFM expande vendas para mercado nacional

O subsecret rio de Pol¡tica Industrial do MDIC – Minist‚rio do Desenvolvimento, Ind£stria e Com‚rcio Exterior, Ant“nio S‚rgio Mello, citou que o mercado de poliestireno foi flexibilizado por conta do PPB – Processo Produtivo B sico – de resina de poliestileno, recentemente aprovado, para o PIM – P¢lo Industrial de Manaus – que agora vai poder vender 70% de sua produ‡Æo para o mercado brasileiro.

Antes havia uma regra de venda de somente 30% desse produto, enquanto o restante teria que ser exportado ou vendido na pr¢pria ZFM – Zona Franca de Manaus. A empresa solicitante e beneficiada foi a Videolar, a £nica instalada no PIM a trabalhar com poliestireno, que agora vai poder fornecer resina para outros Estados brasileiros, aumentando seu volume de internamento e com isso ter  a chance de abrir novos mercados.

Outro projeto aprovado, tamb‚m considerado de suma importƒncia para o PIM na opiniÆo de Mello foi de pe‡as para ve¡culos da Nissin Braake do Brasil, fornecedora mundial da Moto Honda. O atual PPB permite que a empresa posse a vender para a Honda fabricante de ve¡culos, o que antes nÆo era permitido. “Abre um maior leque de op‡äes para a empresa”, avaliou.