Suzuki Gladius

Gladius vem de gladiador, lembra Roma antiga, Itália. A imagem dela lembra uma moto italiana com o mesmo chassi aparente em treliça. A peça vermelha tubular na lateral de moto arrebata toda a atenção. Ela foi lançada no mercado internacional em 1999 com o nome de SV650, quando surgia o mercado das Nakeds. Essa primeira geração da SV650 seguiu a receita da TL1000, que por sua vez seguia o mesmo caminho da Ducati Monster que fez grande sucesso na época.

A Gladius lembra uma moto italiana, das campeãs em design motociclístico

A Gladius lembra uma moto italiana, das campeãs em design motociclístico

A TL1000 foi importada pela J. Toledo em duas versões, uma semi carenada e outra com carenagem completa (TL1000S).
A opção de uma moto mais  leve e econômica teve o seu lugar na europa e america do norte, desde aquela época. Fez grande sucesso que continua até hoje. Tinham também as configurações SV650 e SV650 S para as versões naked e carenadas. As modificações ao longo desses anos foram aperfeiçoando o modelo inicial (SV650) até o atual que foi definido em 2009.
O modelo brasileiro terá a pintura exclusiva, e todas as modificações necessárias para a adequação às normas nacionais.

A concepção toda da moto está de acordo com o estado da arte atual, com a motorização compartilhada com a DL 650. Todo conjunto lembra uma italiana mas não deixa de mostrar também a sua origem nipônica, porque tem linhas mais suaves e curvas menos angulosas. Essa moto trás uma imagem bastante fluida, inspirando movimento.

A Suzuki Gladius é ma Naked com chassi treliçado bem destacado nas laterais

A Suzuki Gladius é uma Naked com chassi treliçado bem destacado nas laterais

O farol é um exemplo importante dessa característica. Ele tem refletor múltiplo que incorpora as luzes alta e baixa, assim como a de posição.  A lanterna traseira também tem as mesmas características. Fica embutida sob a traseira do banco e é moldurada pelo para lama traseiro e lanternas dos piscas.

Linhas suaves compoem o perfil da moto, desde o farol até a lanterna traseira

Linhas suaves compoem o perfil da moto, desde o farol até a lanterna traseira

O motor é o conhecido propulsor V2 DOHC da DL650 com novo mapeamento da injeção para melhor adequar a curva de torque e potência, produzindo 72 hp a 8400 rpm e 6,53 Kgf.m de torque a 6400 rpm. O chassi treliçado oferece leveza com rigidez adicional, proporcionado pelas treliças e o motor como elemento participante da estrutura da moto.

A Gladius tem o chassi tipo treliçado com suspensão mono amortecida e o motor V2 a 90º

A Gladius tem o chassi tipo treliçado com suspensão mono amortecida e o motor V2 a 90º

A suspensão também tem boas qualidades, com o amortecedor único na traseira conectado à balança por meio de links que proporcionam maior progressividade. Há ajuste na pré carga da mola traseira e o garfo na dianteira tem barras de 41mm de diâmetro ns bengalas. Os freios a disco duplos na frente e simples atrás são equipados com ABS no modelo normal.

Mais um produto Suzuki que a J.Toledo disponibiliza aos brasileiros, aumentando bastante a gama de alternativas da marca. Se o preço de R$26.990,00 e as qualidades da moto se confirmarem como parecem, sem dúvida fará sucesso.

Comentários Imprimir

Destaques do Motonline


Comentários

Ao postar um comentário você concorda com as Regras para a postagem do Motonline