Kasinski Prima Electra

Kasinski Prima Electra
Recomendação:
Satisfação Geral:
Dirigibilidade:
Visual:
Consumo:
Conforto:
Custo X Benefício:
Performance:
Leia as Avaliações Deixe sua Avaliações
Sobre a Kasinski Prima Electra
A Prima Electra foi um scooter da Kasinski, com motor elétrico, equipado com um conjunto de baterias de 48V e 36Ah, que resultavam em uma potência de 2.000 watts. O propulsor, instalado junto à roda traseira, podia ser abastecido ligado a uma tomada de 110 ou 220 volts, por um período que podia variar em até oito horas. A velocidade máxima era de 60km/h e a autonomia chegava aos 50 quilômetros.

Ficha Técnica

Tipo de Motor: Elétrica
Potência Máxima: 2.000 watts
Suspensão dianteira: Garfo de telescópio
Chassi: Aço
Suspensão traseira: Motor oscilante
Peso (seco): 128
Comprimento: 1750
Altura: 1110
Distância entre Eixos: 1230
Pneu Dianteiro: 100/80 - 10 50J
Pneu Traseiro: 120/70 - 10 56J

Outras Versões

Prima Electra:   2010 / 2009
Prima Electra 2000:   2013 / 2012 / 2011 / 2010
Prima Electra 500:   2013 / 2012 / 2011 / 2010
mais opções

Guias de motos Kasinski

foto moto kasinski/comet-gt-650r Kasinski Comet GT 650R
Kasinski Comet GT 650R
foto moto kasinski/crz Kasinski CRZ
Kasinski CRZ
foto moto kasinski/mirage-650 Kasinski Mirage 650
Kasinski Mirage 650
foto moto kasinski/soft Kasinski Soft
Kasinski Soft
foto moto kasinski/midas Kasinski Midas
Kasinski Midas

Notícias sobre motos da Kasinski

capa noticia Teste Kasinski Prima Electra 2000 - vídeo
Teste Kasinski Prima Electra 2000 - vídeo
Teste Kasinski Prima Electra 2000 - vídeo
capa noticia Teste Kasinski Prima Electra 2000
Teste Kasinski Prima Electra 2000
Teste Kasinski Prima Electra 2000
capa noticia Ex-parceira da Kasinski, marca apresenta nova moto elétrica adventure
Ex-parceira da Kasinski, marca apresenta nova moto elétrica adventure
Ex-parceira da Kasinski, marca apresenta nova moto elétrica adventure
capa noticia Aquila 300S: A Meteor 350 que a Kasinski não trouxe ao Brasil
Aquila 300S: A Meteor 350 que a Kasinski não trouxe ao Brasil
Aquila 300S: A Meteor 350 que a Kasinski não trouxe ao Brasil